Febre Amarela

Quarta, 21 de Fevereiro de 2018.

Febre Amarela

1- O que é Febre Amarela?
É uma doença infecciosa febril aguda, transmitida ao homem pela picada de fêmea do mosquito infectado. Possui dois ciclos epidemiológicos distintos: o "silvestre" e o "urbano".
A febre amarela urbana (FAU) não ocorre no Brasil desde 1942. O agente etimológico é o mosquito do gênero Aedes Aegypti na febre amarela urbana.
Já a febre amarela silvestre (FAS), o agente é o Haemagogus capricornii.

2- Qual a duração e sintomas?
É uma doença de curta duração de no máximo 10 dias após infectado, e de gravidade variável.
Dependendo da gravidade, a pessoa pode sentir febre dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômitos, dores no corpo, icterícia (amarelão na pele) e os olhos ficam amarelados. Além das hemorragias nas gengivas, nariz, estômago, intestino e urina.

3- Como tratar?
Não existe medicamento para combater o vírus da febre amarela. É apenas sintomático e requer cuidados na assistência ao paciente que, sob hospitalização, deve permanecer em repouso com reposição de líquidos e das perdas sanguíneas. Nas formas graves, o paciente deve ser atendido numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

4- Como é transmitida a febre amarela silvestre?
A febre amarela é causada pelo vírus. No caso da febre urbana, o vetor é o mosquito Aedes Aegypti, e o homem é o principal hospedeiro. Na febre silvestre, os macacos são os principais hospedeiros, sendo o homem um hospedeiro acidental. Os transmissores são os mosquitos silvestres do gênero Haemagogus e Sabethes.
Os mosquitos são considerados reservatórios porque uma vez infectados garantem a circulação do vírus enquanto viverem.
- FAS (Febre Amarela Silvestre)
animal infectado (macaco)  mosquito infectado
(tipo Hemagogus)  homem infectado
- FAU (Febre Amarela Urbana) Homem infectado  pelo mosquito Aedes Aegypti vírus retransmitido para outro humano

NOTA
Devido a falta de conhecimentos, alguns homens matam os macacos sem a culpa no cartório (crime ambiental devido a ignorância).

5- Como se prevenir?
A única forma de evitar a febre amarela é a vacinação. A vacina é gratuita e deve estar disponível nos postos de saúde em qualquer época do ano. É válida por 10 anos. Deve ser aplicada dez dias antes de viagem para as áreas de risco de transmissão da doença. Recomenda-se também outras medidas de proteção individual. O viajante deve usar sempre que possível calças e camisas de manga comprida e repelentes contra insetos. Recomenda-se ainda, o comprovante dos componentes de vacinação junto a documentação pessoal para evitar que haja revacinação.

6- A partir de que idade?
A vacina contra a febre amarela é administrada em dose única a partir dos 9 meses.

7- Quem deve ser vacinado?
Todas as pessoas residentes nas área de risco de transmissão, quanto as que eventualmente se exponham ao risco de ser afetado da febre. Especial atenção para as pessoas que costumam realizar atividades ecológicas, como caminhar em trilhas, atividade de lazer em área de matas e para trabalhadores rurais.

8- Locais de risco:
O Ministério da Saúde recomenda que deve ser vacinado quem for viajar para os seguintes locais: todo estado do Nordeste e Centro-Oeste, Minas Gerais, Maranhão, Sul do Piauí, oeste e sul da Bahia, norte do Espírito Santo, noroeste de São Paulo e oeste do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

9- Quais as contra-indicações?
A vacina contra a febre amarela é contra-indicada em crianças com menos de 6 meses, Imunodepressão transitória ou permanente, induzidas por doenças (neoplásicas, Aids ou pelas drogas imunodepressoras acima de 2mg/kg/dia por mais de duas semanas, radioterapia.

10- Quais as precauções?
Nos casos de doenças agudas, febris moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a melhora do quadro com o intuito de não se atribuir a vacina às manifestações da doença. Indivíduos soropositivos para HIV, em regiões de médio e alto risco para a febre amarela, devem ter uma vacinação avaliada, levando-se em conta sua carga viral.

Dr. José Enéas Zandomênico - Clínica Médica, Clínica Urológica e Clínica Cirúrgica

Por Dr. Eneas Zandomênico

B01 - 728x90