PM apreende maconha e prende dois acusados de tráfico de drogas na Vila Isabel
Por José Mauro - 20/07/2012, 14h03
Marcos Rogério Barbosa, de 40 anos, residente no bairro Vila Isabel e Fábio Pontes Bastos, de 33 anos, residente no bairro Moura Brasil, ambos em Três Rios, foram presos no início da tarde desta quarta-feira (18), acusados de tráfico de drogas.
A guarnição militar do sargento Martins, sargento Campos e soldado Wallace, quando em patrulhamento de rotina, foi acionada por volta do meio dia para auxiliar ação do sargento Raybolt que abordara um indivíduo na Rua Áurea Saldanha. O indivíduo, identificado como Cinieverson Tavares Marques, foi abordado e com ele foi apreendido um tablete com aproximadamente 20 gramas de erva seca prensada cuja quantia paga seria de R$ 50,00. Cinieverson teria dito que comprara a droga de um homem identificado como Marcos Rogério Barbosa, vulgo Marcola, residente no número 366 da rua já citada. Os policiais fizeram contato com Marcola que negou ter fornecido a droga. Dentro da casa nada foi encontrado. Os policiais solicitaram o telefone celular do usuário onde constava a última ligação feita para o aparelho celular de Marcola. Ainda dentro da casa do acusado Marcola o telefone deste voltou a tocar sendo atendido por um policial.
O sargento Martins atendeu o chamado se passando por Marcos Rogério e o elemento na linha teria solicitado a venda de um quilo de maconha. Eles combinaram um encontro em frente a uma funerária na Rua do Quincão. Lá os policiais fizeram contato com Fábio Pontes Bastos que trazia consigo a quantia de R$ 2.200,00. Ele teria admitido que o dinheiro encontrado seria usado para comprar determinada quantidade de droga. Na residência de Fábio os policiais arrecadaram embaixo da cama de casal um tablete com aproximadamente 200 gramas de erva seca. Também foi arrecadada 6 gramas de cloridrato de cocaína, sacolés plásticos e um estilete. 
Marcola, que segundo os policiais, possui várias anotações criminais, inclusive já tendo sido condenado por tráfico de drogas, foi autuado em flagrante junto com Fabio no artigo 33 da lei antidrogas, lei 11.343/06 por tráfico. Eles seriam levados para uma carceragem da Polinter no Rio de Janeiro. Cinieverson foi autuado no artigo 28 da mesma lei por posse e uso de drogas e foi liberado para responder em liberdade. (RO 1891/2012)
Comentários
Mais de Três Rios