Direção e bebida: um enredo que nunca acaba bem

Estado do Rio - (Cotidiano) - Sábado, 10 de Fevereiro de 2018.

Direção e bebida: um enredo que nunca acaba bem

Vinicius Farah – presidente do Detran-RJ

Carnaval é tempo de alegria. Carnaval é tempo de festa. Carnaval também é momento para educar e transformar. Por isso, em 2018, o Detran - RJ vai vestir a fantasia da conscientização e colocar o bloco literalmente nas ruas. Nosso lema será “Direção & Bebida: um enredo que nunca acaba bem”. Vamos às ruas para conscientizar os foliões a favor de um trânsito consciente e seguro nos dias de folia.
Apesar de os números de mortes no trânsito estarem diminuindo nos últimos anos, a imprudência ainda é enorme. As estatísticas do Detran-RJ mostram que até outubro de 2017 em média oito pessoas morreram por dia vítimas de acidentes. No período, 1.770 cidadãos perderam a vida e outros 23.5550 se envolveram em 10.874 acidentes de trânsito. Um cenário ainda muito sombrio que faz qualquer samba enredo atravessar nas avenidas. Isso precisa mudar.
Os órgãos públicos que têm um papel educativo no Estado do Rio de Janeiro precisam e devem aproveitar o carnaval para transmitir suas mensagens. Por isso, o Detran fará a sua parte em todos os dias de folia.
Montamos um minibloco que vai invadir os principais blocos do Rio de Janeiro. Vamos levar agentes fantasiados com a temática do trânsito para dentro dos blocos para conscientizar os foliões. Ao todo, serão oito blocos que vão contar com a presença do Detran: Bloco da Favorita, Bloco dos Barbas, Bangalafumenga, Simpatia é Quase Amor, Sargento Pimenta, Banda de Ipanema Infantil, Orquestra Voadora e Mulheres de Chico.
O Detran também estará na Marquês de Sapucaí para passar sua mensagem com ações educativas para o público presente no Setor 1 durante os dias de desfile. A pedido do Ministério Público e da Prefeitura do Rio, o Detran também apoiará a logística da Operação Lei Seca no Sambódromo. Os agentes vão fiscalizar os responsáveis por guiarem os carros alegóricos das escolas de samba e realizarão o teste do bafômetro nos condutores. Além disso, a Lei Seca reforçou suas operações durante o Carnaval 2018 e vai realizar mais de 70 ações em todo o Estado.
O Detran também esteve próximo das pessoas que deixaram a cidade do Rio de Janeiro na semana que antecedeu o carnaval. Fizemos ações de conscientização com os motoristas nos principais pedágios das vias que levam os viajantes para as regiões Serrana e dos Lagos e também na Ponte Rio-Niterói.
Como já está mais do que provado que direção e bebida não combinam, estamos incentivando que os foliões utilizem o transporte público e ainda facilitem a mobilidade dos festejos nas cidades. Quem realmente precisar sair com seu carro, terá que redobrar a atenção e não deixar de seguir as regras do trânsito. Motoristas, pedestres e ciclistas podem festejar juntos e de forma harmoniosa durante o carnaval. Para isso, basta ter responsabilidade, respeito e consciência.
O carnaval é um momento de alegria, mas, historicamente, também é um período com muitos acidentes. Por isso, cabe ao poder público tentar mudar este cenário. E uma das melhores saídas para esta transformação é a educação. Acreditamos que o folião pode festejar à vontade, mas sempre de forma consciente, com moderação, e sabendo respeitar a vida. É hora de cair na folia, mas também é hora de educar e transformar. Vamos juntos seguir este enredo para não deixar o samba desafinar!

Por Redação

Crédito da Foto: Divulgação Detran RJ

Publicidade