“Operação Coruja Azul” é realizada, em Paraíba do Sul

Trabalho feito entre Polícias Militar e Civil resultou em várias prisões durante o fim de semana

Paraíba do Sul - (Polícia) - Terça, 14 de Novembro de 2017.

 “Operação Coruja Azul” é realizada, em Paraíba do Sul

Foi realizada na madrugada de segunda-feira (13), a Operação Policial batizada de “Coruja Azul”, com o intuito de localizar elementos que teriam sido vistos com armas em localidades de Paraíba do Sul e também concluir o trabalho de inteligência que vinha sendo feito entre a Polícia Militar (38º BPM) e a Polícia Civil (107ª DP), durante quase uma semana. Além de prisões, o trabalho resultou na apreensão de drogas e armas.

As duas polícias tinham como objetivo localizar alguns suspeitos, que estariam trazendo criminosos armados do Rio de Janeiro para a cidade de Paraíba do Sul e na sexta-feira (10), Gean Luis Costa Vasques Lameck, de 31 anos, foi o primeiro a ser preso.

No decorrer da investigação, a polícia concluiu que Gean estava atuando como líder do tráfico de drogas no morro do Trator, no Caminho de Dentro, e o Ministério Público (MP) opinou por sua prisão preventiva e o judiciário entendeu pela expedição do mandado de prisão. Gean foi encontrado com munições de arma de fogo, sendo preso também em flagrante com base no estatuto do desarmamento.

Dando continuidade ao trabalho que vinha sendo feito para combater a bandidagem, a PC e a PM, identificaram mais dois elementos que integravam o grupo responsável pelo comércio de drogas no bairro Eldorado.

Huilley Kairo Rezende da Conceição (Totté) e Maria Cecília Mendonça da Silva (Cissa) foram presos no domingo (12). De acordo com as investigações, Totté atuava na condição de vapor e Cissa era responsável por recolher e depositar os valores decorrentes da venda de drogas.

Diante disso, o MP opinou pela prisão temporária dos dois indivíduos e o judiciário entendeu pela expedição dos mandados de prisão. Na ocasião também foram encontrados 45 tabletes de maconha na casa de Totté, sendo ele preso em flagrante por tráfico. Outros sete indivíduos deste mesmo grupo já haviam sido presos em outubro de 2017.

Paralelamente a estas prisões, a polícia vinha apurando a denúncia de que elementos armados teriam sido vistos na Estrada da Chacarinha, em Paraíba do Sul, na semana passada. Os levantamentos realizados levaram até um grupo que estaria se escondendo no bairro Amapá.

Essa apuração resultou na chamada “Operação Coruja Azul”, que foi feita na madrugada de segunda-feira , quando policias chegaram a Rua Vereadora Ieda do Espírito Santo e viram um suspeito de nome Marcos Paulo dos Santos (Marquinho Marola), saindo de uma casa e ordenaram que o suspeito ficasse parado onde estava.

Logo após, a residência foi dominada e em seu interior encontravam-se Yuri Gabriel Martins de Lima, Rafael Alexandre da Silva (Cigarrinha) e Ricardo Pacheco Monteiro (James), que confessaram que estavam armados.

Foi feito uma revista no local e os policiais encontram 30 tabletes de maconha, 570 buchas de maconha, 34 munições 9mm, dois carregadores de 9mm, seis munições 45, um carregador de 45, oito munições calibre 38, uma pistola 9 mm PT809, uma pistola 45, um revólver calibre 38, 12 frascos de loló, 155 pedras de crack no valor de R$ 25 cada, um caderno de anotações do tráfico, 27 pinos de cocaína, 1.090 pedras de crack de R$ 10 cada, R$ 160,70 e quatro aparelhos celulares.

Além de Marquinho Marola, Yuri Gabriel, Cigarrinho e James, Isabel Cristina Fonseca dos Santos, Tiago Fonseca dos Santos e Douglas Lázaro Fonseca dos Santos, que também estavam na casa, foram levados para a delegacia onde foram autuados nos artigos 33 e 35 por tráfico de drogas e associação ao tráfico e nos artigos 12 e 16 da Lei do Desarmamento.

Vale ressaltar que Cigarrinha já era foragido da justiça por ter participado de um sequestro relâmpago ocorrido em Três Rios, em julho deste ano. O envolvimento dele no sequestro foi descoberto em agosto quando agentes da 107ª DP recuperaram o celular da vítima com um receptador em Paraíba do Sul.

Yuri Gabriel também já vinha sendo procurado pela polícia devido ao seu envolvimento com a tentativa de homicídio na madrugada de sábado (11), na qual os detalhes seguem abaixo.

Por Redação

Publicidade