SES anuncia repasse de recursos para Hospital da Posse e UPAs municipais

Hospital Geral de Nova Iguaçu e 21 Unidades de Pronto Atendimento de todo o Estado serão contemplados com verbas da emenda da bancada federal

Região - (Saúde) - Terça, 14 de Novembro de 2017.

SES anuncia repasse de recursos para Hospital da Posse e UPAs municipais



O governador Luiz Fernando Pezão, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr., anunciam nesta terça-feira (14) o repasse de recursos de emenda parlamentar da bancada federal para o custeio das unidades de saúde do Estado. Ao todo serão destinados R$ 57 milhões para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Hospital da Posse), na Baixada Fluminense, e 21 Unidades de Pronto Atendimento de todas as regiões do Rio. A cerimônia acontece às 11h30, no Palácio Guanabara.
"O Hospital da Posse é uma referência na Baixada Fluminense e vem atravessando dificuldades. Em junho criamos o HTO Baixada, que já ajudou a diminuir a espera por cirurgias na região. Com a chegada desses recursos, a Prefeitura terá condições de melhorar a qualidade do atendimento da unidade", destacou o secretário Luiz Antônio.
O recurso garantido pela emenda parlamentar em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde visa à manutenção de unidades da rede estadual. Como as UPAs municipais são as primeiras portas de entrada ao sistema de saúde e fundamentais para as cidades, parte dos valores foi destinada para a manutenção dessas unidades de saúde, que devido à crise do Estado e dos municípios, estavam com o funcionamento prejudicado.
"Quero agradecer à bancada de deputados federais pelo empenho para que esses recursos viessem a ajudar as unidades estaduais e municipais neste momento de grave crise financeira. Mesmo diante dessa crise, estamos conseguindo manter as unidades estaduais de saúde funcionando, e isso nos permite direcionar boa parte desse recurso para auxiliar os municípios no custeio das UPAs, que são tão importantes para o atendimento à saúde. O pleno funcionamento dessas unidades também contribui para desafogar a nossa rede", concluiu o secretário.

Por Assessoria de Imprensa

Publicidade