A Importância do Relacionamento InterpessoalParao Trabalho em Equipe e os Departamentos de RH e SST

Sábado, 23 de Fevereiro de 2019.

A Importância do Relacionamento InterpessoalParao Trabalho em Equipe e os Departamentos de RH e SST

Muito se fala nos dias atuais a respeito do relacionamento interpessoal no ambiente de trabalho e como exerce influência no trabalho em equipe, produtividade, ambiente organizacional e todos os benefícios provenientes de uma atmosfera agradável e tolerável para se trabalhar, porém para que isso aconteça precisamos ter em mente que uma série de fatores são necessários e que em muitas das vezes a própria cultura da empresa ou instituição e o conjunto de princípios éticos, morais, psicológicos e de valores das pessoas precisa amadurecer. O relacionamento interpessoal pode ser definido como o conceito do âmbito da sociologia e psicologia que representa uma relação entre dois ou mais indivíduos. Basicamente podemos entender que o relacionamento interpessoal é representado pela interação entre as pessoas, grupos e equipes, seja no âmbito profissional no ambiente de trabalho, pessoal ou familiar. Muitos fatores são influenciadores no relacionamento entre as pessoas como no caso da própria escola, ceio familiar, comunidade, fatores antropológicos, crenças, cultura, conceitos de visão de mundo e claro o próprio ambiente laboral onde são apresentadas regras de comportamento que orientam quanto a interação de seus respectivos membros. Vale ressaltar quepara que o relacionamento interpessoal positivo aconteça é preciso que exista a busca por um bom relacionamento “intrapessoal”, onde o indivíduo é capaz de identificar ao se observar, as suas próprias necessidades, seus pensamentos, sentimentos e emoções,vindo a dominar-se findando em um bom relacionamento com o próximo. Quem não lida bem consigo mesmo raramente conseguirá lidar bem com os outros. O termo relacionamento interpessoal é muito comum no meio corporativo e acadêmico, tem sido mais abordado desde os anos 70, quando então as organizações perceberam que o modo no qual ostrabalhadores interagem reflete na galinha dos ovos de ouro, ou seja,na produtividade, nos lucros e em um clima organizacional mais consistente e saudável, proporcionando melhores condições de treinamento e desenvolvimento no bem mais precioso de uma empresaou instituição que são seus “Recursos Humanos”.Os departamentos de Recursos Humanos “RH” e de Segurança e Saúde do Trabalho “SST” lidam diretamente com as pessoas e presam pelo desenvolvimento profissional, pessoal e intelectual dos trabalhadores, proporcionando melhorias no processo, obtendo melhor eficácia e a preservação das integridades física e psicológica dos mesmos.Um trabalhador que se comunica menos certamente está mais suscetível aos riscos e a ser deixado de lado pelos demais do grupo.O que move qualquer negócio independente do ramo de atividade da empresa ou instituição, de sua cultura, métodos de trabalho, visão e valores é o capital humano, é a engrenagem que faz tudo girar e acontecer de fato. Um trabalhador que necessita viver armado por assim dizer no ambiente onde trabalha acaba por não corresponder as expectativas e ficar estagnado, isso quando não começa a retroagir, fatalmente organizações que não buscam se atualizar e ter essa visão de interatividade acabam por perder talentos capazes de influenciar diretamente no negócio de forma positiva. Boa parte dos trabalhadores passa mais tempo no ambiente de trabalho do que com os próprios familiares, isso descontando o tempo de locomoção para o serviço e que passam dormindo, se esse cenário se torna incômodo acaba por gerar irritação, esforço e desconforto emocional e físico. Cada pessoa tem sua importância na organização independente de hierarquia e seu lugar na pirâmide, nenhuma pirâmide se sustenta sem sua base e uma comunicação eficiente. O livro mais distribuído e lido da história a “Bíblia” nos relata passagensonde Jesus Cristo com sua imensa sabedoria reuniu diferentes pessoas em prol de um mesmo objetivo e de uma mesma fé, cada qual tinha suas peculiaridades e seu modo de agir, Pedro era mais temperamental, impulsivo, era de fato mais enérgico e tomava as decisões no ato, André irmão de Simão Pedro era mais organizado, metódico e gostava de planejamento, João era possuidor de um perfil comunicativo, tinha um comportamento amável e sensível caracterizado por bons relacionamentos, era confiável e foi considerado o discípulo amado pelo Mestre. Conseguimos perceber nesses poucos exemplos que cada ser humano possui características próprias e que mesmo assim podem interagir de forma positiva. As diferenças sempre irão existir e isso pode ser algo positivo se trabalhado corretamente, o importante é não deixar que as diferenças tornem os indivíduos agressivos ou indiferentes uns com os outros.Todos nós temos algo em nosso comportamento para progredir, todos nós devemos rever processos e buscar a excelência tendo em vista a vida em si e a vida laboral como um eterno desafio no qual o caminho de busca, a caminhada é tão importante ou mais do que o próprio objetivo. Da mesma forma que o trabalhador pode ser influenciado pelo meio, ou seja, pelo contexto ao qual está exposto, também pode tornar-se um influenciador daqueles com quem convive. Seja um influenciador do bem e seja feliz também!Consagre ao senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos.

Por Jhean Garcia

B01 - 728x90