A Relação Aluno/ Professor no Contexto Escolar

Quinta, 17 de Maio de 2018.

A Escola, no geral, é a segunda instituição a fazer parte da vida de uma criança. É através da experiência escolar que elas aprendem a se desvincular dos pais, transferindo parte desse apego à figura do professor, por isso, a relação professor/aluno é tão importante. A forma como o professor enxerga seu aluno e a maneira como o trata, pode influenciar diretamente seu desempenho escolar. Crianças que são incentivadas, desafiadas, elogiadas, ainda que mediante mínimos avanços, tendem a fortalecer sua autoestima e caminhar em direção ao sucesso. Já aquelas que são ignoradas, criticadas frequentemente, desacreditadas, permanecem desmotivadas e sem perspectivas de avanço; são rotuladas como “alunos problema”, e passam a se comportar como tal, o que chamamos de profecia autodeterminada.
Entende-se por profecia autodeterminada: “falsa expectativa ou predição de comportamento que tende a se concretizar porque leva as pessoas a agirem como se ela já fosse verdade.” (Papalia, Diane E., 2006).
Maria de Fátima Cardoso Gomes traz a seguinte reflexão: “(...) Os ‘bons’ alunos fazem o para-casa do jeito que a professora deseja, decoram as sílabas e aprendem a ler, têm hábitos de higiene, tem cadernos limpos e caprichados, vão para a escola de uniforme e calçados limpos, sabem ouvir, têm atenção, olham para o quadro, têm a letra linda e seus pais comparecem às reuniões e atendem imediatamente a qualquer chamado da escola (...). Àqueles que não correspondem às expectativas de aprendizagem da leitura e escrita (...) restam os rótulos de ‘preguiçosos’, ‘malandros’, ‘desinteressados’, ‘sujos’, ‘lambões’, ‘infrequentes’, ‘molezas’, ‘lerdos’ e ‘imaturos’ (GOMES, 2011, p.11).
A escola é para todos e deve considerar as particularidades de cada criança, família, cultura, adotando práticas inclusivas e acolhedoras, e não discriminativas.

Psicóloga Bruna M. Spada Sant’Anna, Especialista no Atendimento de Casal e Família, Integrante do COMMUTRI – Conselho Municipal da Mulher Trirriense, Palestrante, Coautora do livro: Psicologia Temática e Colunista do Jornal ENTRE-RIOS e da Revista Minha Saúde.


Por Bruna Spada

B01 - 728x90