Agradecimento a uma professora

Quinta, 17 de Outubro de 2019.

Hoje eu estava sem palavras, sem saber o que escrever. Pois, estava com tantas dúvidas, tantos questionamentos que não sabia como começar. Nesses últimos dias, fiquei sem acreditar no quanto as pessoas têm se tornado intolerantes por se julgarem acima de tudo. Ainda não consigo entender como alguém chega em uma escola e do nada começa a agredir uma outra pessoa que em momento algum oferece reação. Sim, estou falando de uma funcionária pública que ao desempenhar sua função foi agredida. Tudo isso porque a agressora se achava certa e acima das normas da escola. E quando vi alguns segundos da filmagem, não consegui ver até o fim porque isso acontece todos os dias em várias cidades, em vários estados do nosso país e até mesmo do mundo. Mas o pior é que depois de muitos rumores e do vídeo se propagar por todos os cantos vão passar alguns dias e as pessoas não se lembrarão do que aconteceu e infelizmente voltará a acontecer novamente em algum lugar. Essa semana comemoramos o dia do professor. Profissional que abre caminho para que existam outras profissões. E o interessante é que todos sabem e dizem que sem o professor não existiria nenhum outro profissional. Mas quando muitos deles se formam, se tornam doutores, juízes, alcançam um nível social estável ou mesmo elevado e se esquecem de quem os conduziu, se esquecem de quem os guiou para chegarem onde estão. Certa vez uma senhora bem idosa chegou em uma clínica e havia várias pessoas na sala de espera para serem atendidas. Afinal, aquele era o consultório da médica mais conceituada do estado e até mesmo do país. Só que as pessoas que estavam aguardando eram engenheiros, empresários, advogados, juízes... enfim, pessoas de várias profissões e todos se julgavam bem sucedidos e melhores que os outros. E quando a médica abriu a porta para pedir a secretária para fazer algo ela logo avistou aquela senhora serena e pronta a esperar o tempo que fosse. Mas no mesmo instante a médica fez questão de pedir licença e dizer: me desculpem mas não posso deixar que a pessoa que me ensinou a ler, que até mesmo chegou a trocar as minhas roupas quando eu me urinava fique esperando para ser atendida. Se hoje eu sou uma médica é porque essa senhora me ensinou a ler, a falar direito, a respeitar os outros. Ela foi minha primeira professora e me fez ser quem eu sou. Eu jamais serei maior que você minha querida professora.

Por Suzane Ferreira

B01 - 728x90