Aniversário de 15 anos da criação do 38º Batalhão de Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

Sábado, 19 de Agosto de 2017.


Lembro como se fosse hoje quando o então Major PM Dalmo Siqueira Gomes, meu grande amigo - padrinho de casamento, há 17 anos, apontou a necessidade da 2ª Companhia destacada do 10º BPM se tornar uma unidade autônoma, considerando o crescimento da região e o aumento da criminalidade. Era eu Capitão PM e assessorava o Secretário de Segurança Pública Josias Quintal. Foram diversos fatores positivos que viabilizaram rapidamente a criação da 11ª Companhia Independente da Polícia Militar que em 16 de agosto de 2002 foi transformada em 38º Batalhão, sob o Comando do já Tenente Coronel Dalmo. O imóvel era uma garagem desativada do antigo DNER que precisou ser adaptado para atender às demandas de uma Unidade Operacional da PMERJ.
Tenho imensa satisfação e orgulho de dizer que participei intensamente da criação desse Batalhão, que me proporcionou o reconhecimento da Câmara Municipal de Três Rios com o título de cidadão entrerriense no ano de 2001. Sou fundador desse Batalhão, apesar de não ter feito parte do efetivo inicial daquela época. Digitei num computador modelo 486 o ato que seria a certidão de nascimento do Batalhão que foi assinada pelo Secretário de Segurança e foi publicada em Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.
Quis o destino que essa fosse a primeira unidade que eu iria comandar no posto de Tenente Coronel PM. Um presente de Deus. Não tenho dúvidas, pois aqui aprendi e tenho aprendido muito a cada dia.
Trata-se de uma unidade com um efetivo exemplar, forjado por brilhantes Comandantes que me antecederam. Uma unidade que abarca cinco municípios de um povo humilde, honrado e trabalhador, que vem crescendo em todos os sentidos a cada ano. Três Rios, Paraíba do Sul, Areal, Levy Gasparian e Sapucaia já moram no meu coração e ainda vão surpreender muito o nosso Estado pelo empenho que vejo dos atuais gestores públicos da região em melhorar as condições de vida do povo.
Não tenho dúvidas que Comando uma das melhores unidades operacionais da Polícia Militar. Índices criminais melhores que muitas cidades europeias. Região que temos mais de 80% dos crimes elucidados, mostrando que aqui o crime não compensa.
Uma unidade que durante esse período de crise que vive o Estado, com todas as dificuldades já sabidas por todos, não para de trabalhar, vem aumentando cada vez mais os números de prisões e apreensões de armas e drogas. Desenvolve projetos sociais, que vão além do servir e proteger, com policiais militares vocacionados e voluntários, como ocorre com os Guardiões da Vida, a Escola de Pais e a Fábrica de Campeões. Projetos esses que já reduziram em mais de 80% a reincidência dos casos de violência doméstica, que acompanham quase 300 jovens em situação de vulnerabilidade oferecendo novas oportunidades e perspectivas pra eles, que já orientaram uma centena de famílias sobre negligência e a responsabilidade dos pais para com os seus filhos.
Enfim, a sensação hoje é de muita alegria em poder fazer parte dessa história. Só tenho a agradecer a todos, a cada policial militar que compõe o nosso efetivo, a cada Oficial que divide comigo o peso de comandar um Batalhão da PMERJ, a cada cidadão da região que colabora com informações e cumpre o seu papel constitucional de que a segurança pública é responsabilidade de todos. Agradeço à minha família por ter me apoiado em aceitar esse desafio, meus pais, meus filhos e em especial minha amada esposa. Agradeço às autoridade públicas e os empresários que têm colaborado para manter nossas viaturas rodando. Agradeço aos meus Comandantes de outrora, Cel James de Barros e Cel Marcelo Quinhões que me deram a oportunidade de Comandar e ao meu atual Comandante Coronel André Vidal que tem ombreado conosco no enfrentamento de tantas dificuldades.
À todos o meu muito obrigado e Viva o 38º Batalhão da Polícia Militar!!!!

Por Ten.Coronel PM Márcio Guimarães

B01 - 728x90