Bombeiro Civil do Brasil

Sábado, 24 de Novembro de 2018.

Bombeiro Civil do Brasil

Desde que o mundo é mundo nos deparamos com situações de adversidades, e claro consequentemente temos que lidar com as mesmas, em tempos remotos quando ocorria um incêndio homens e mulheres com espíritos vibradores de perspicácia e bravura corriam com seus baldes em filas para combater o fogo, os baldes passavam de mão em mão no combate, a vizinhança era alertada com tiros de canhão, tiros, sinos de igreja, gritos ou bater de panelas.No ano de 1850 aproximadamente, um pequeno, mas significativo grupo denominando-se bombeiros da corte organiza-se em prol do combate a incêndios com maior agilidade, comprometimento, destreza e eficiência. Com o efetivo de 10 homens surge então a primeira turma denominada de bombeiros. Busca-se então formar um serviço de Bombeiros ligado a Guarda Civil. Com a posterior ligação entre os Bombeiros e a Guarda Civil surge o Bombeiro Civil por assim dizer. O Bombeiro começa a compor nas províncias do Brasil o efetivo das polícias militares surgindo então o Corpo de Bombeiros Militar. Segundo pesquisas a profissão que mais transmite confiança ao povo brasileiro é a de Bombeiro, profissão que envolve riscos adicionais nos quais os Bombeiros dedicam suas vidas a salvar vidas. A profissão de Bombeiro Profissional Civil no Brasil tem base na Lei Federal 11.901 publicada em 12 de janeiro de 2009. Considera-se Bombeiro Civil aquele que, habilitado nos termos desta Lei, exerça, em caráter habitual, função remunerada e exclusiva de prevenção e combate a incêndio, como empregado contratado diretamente por empresas privadas ou públicas, sociedades de economia mista, ou empresas especializadas em prestação de serviços de prevenção e combate a incêndio. Segundo informado na referida Lei os Bombeiros Civis poderão vir a agir em conjunto com o Corpo de Bombeiros Militar no atendimento a sinistros. Existe uma hierarquia no que tange as funções de Bombeiro Civil, sendo classificadas como Bombeiro Civil, nível básico, Bombeiro Civil Líder e ainda Bombeiro Civil Mestre. A jornada do Bombeiro Civil é de 12 (doze) horas de trabalho por 36 (trinta e seis) horas de descanso, num total de 36 (trinta e seis) horas semanais. Temos ainda como norte para a profissão a NBR 14608 que dá diretrizes de grande valia. A profissão ainda tem respaldo mediante Classificação Brasileira de Ocupações “CBO”representada pelo código 5171-10. O Bombeiro Civil “BC”deve ter conhecimentos sobre prevenção e combate a incêndios, abandono de local sinistrado e primeiros socorros, de forma a poder agir com competência e objetividade no desempenho de suas atividades. Existem ainda algumas normas estaduais com suas respectivas peculiaridades para o exercício das atribuições do BC que podem e devem ser observadas não esquecendo-se que toda e qualquer Lei Federal deve ser seguida e atendida em todo o território nacional. O BC tem por característica o seguimento de algumas atividades básicas como a identificação e avaliação dos riscos existentes, inspeção periódica dos equipamentos de combate a incêndio, incluindo seus testes e manutenção básica (acondicionamento de mangueiras e acessórios, teste de alarmes, motores, bombas e etc). Inspeção periódica das rotas de fuga, incluindo a manutenção de sua liberação e sinalização. Participação nos exercícios simulados (abandono, combate a incêndios e primeiros socorros). Relato formal das irregularidades encontradas, com propostas e medidas corretivas adequadas e posterior verificação da execução. Apresentação de eventuais sugestões para melhoria das condições de segurança. Avaliação, liberação e acompanhamento das atividades de risco. Participação da integração da empresa ao(s) órgão(s) de bombeiros públicos da área onde estiver localizada, através de visitas recíprocas e intercâmbio de informações bem como outras atividades que se fizerem necessárias. Além se ser profissional formado em Segurança e Saúde do Trabalho que já tem como parte integrante a Prevenção e Combate a Incêndio e voltado a área de RH sou Bombeiro Civil “BC” e tenho observado o quanto é gratificante carregar essa bandeira, os principais objetivos do BC são salvar e preservar vidas, prevenir e combater incêndios “sinistros”.É uma responsabilidade ímpar na vida de uma pessoa ser BC, claro que vemos profissionais que simplesmente se fantasiam para desfilar por aí, nos deparamos com profissionais que quando são acionados não compartilham de seu conhecimento adquirido não se lembrando que esse ensinamento pode vir a fazer falta em uma situação posterior. Temos ainda os arrogantes, ignorantes e prepotentes como em qualquer área de conhecimento, mas vale ressaltar que não sabemos tudo por completo e que devemos viver em constante busca de sermos melhores no que nos propomos a fazer, ainda mais envolvendo vidas. Os dias dedicados, as horas de estudo, ralação, machucados, intermináveis flexões, horas de sono perdidas, dias distantes da família, esforço físico intenso,desde de ter que lidar com fogo, rastejar em poças de lama, correr, pular, ouvir gritos, passar por testes que levam o psicológico a outro patamar e ser levado a exaustão valem em vista o resultado final que é poder ter a oportunidade de ser útil ao próximo, salvo engano um dos maiores mandamentos da humanidade que tem servido de alicerce para a civilização é amar ao próximo como a ti mesmo.Quando fazemos o bem para os outros fazemos um maior para nós mesmos. Vale ressaltar queo conhecimento adquirido depende muito da dedicação de cada indivíduo, quanto mais tempo dedicado mais conhecimento.O senhor é o nosso pastor e nada nos faltará.

Por Jheancarlos Garcia

B01 - 728x90