ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ÚLTIMAS

Busquem viver o presente

Quinta, 25 de Junho de 2020.

Atualizado em Quarta, 24 de Junho de 2020 às 18:31 horas.

  Busquem viver o presente


“E o futuro é uma astronave que tentamos pilotar, não tem tempo nem piedade, nem tem hora de chegar, sem pedir licença muda a nossa vida e depois convida a rir ou chorar...” Você certamente deve ter percebido que comecei essa coluna com o trecho de uma música muito conhecida por todos nós e principalmente pelas crianças. Só que essa letra não tem nada de infantil. Quando uma criança vai pensar na vida de forma tão séria? A palavra “futuro” é algo que cada vez mais temos nos conscientizado que não nos pertence.

Quantos planos nós fazemos e geralmente não concretizamos? Há alguns meses o meu irmão fazia planos para aposentar, aproveitar mais a vida com a família, viajar. Ele já estava começando a fazer isso e estava planejando tantas coisas. Num dia ele estava sorrindo, idealizando a arrumação da casa e de repente se viu vítima da covid-19. Mesmo assim, saiu conversando com a gente para ser removido para o hospital. Nós brincamos de longe e gritamos com carinho que o amávamos. A cada dia tínhamos a fé e a esperança que ele sairia daquela situação. Mas veio a triste notícia de que ele veio a falecer. Naquele momento, percebemos que tudo o que ele tinha idealizado e planejado junto a família não mais aconteceria. Quando teríamos imaginado que ao perder alguém que amamos, teríamos que sepultá-lo quase que na mesma hora, sem poder vê-lo para nos despedir ou mesmo que não poderíamos ao menos chegar perto do caixão? Quantas famílias, quantas pessoas já passaram, estão passando e passarão pela mesma situação? De tudo isso fica a lição de que nada somos, nada temos, nossa vida e principalmente o futuro não nos pertence. O futuro é o agora, esse momento em que estamos vivos.

Então, se você quer fazer o bem a alguém faça agora! Se você quer ser feliz, deseja algo de bom para você faça agora! Não fique apenas planejando. Meu irmão viveu realizando e buscando ser feliz. Ele batalhou, constituiu uma linda família e aproveitava cada minuto com eles. Tanto que estava sempre sorrindo e se realizava em cada conquista, em cada vitória que alcançava. Posso dizer que guardarei para sempre em meu coração e mente o dia em que nos despedimos. Creio que nossa despedida foi quando ele me deu um forte abraço, me beijou e deu um grande e largo sorriso pra mim. Só Deus pode trazer paz e consolo a cada coração nesse momento de perda. Podemos não ter como controlar e pilotar o nosso futuro. Mas Deus nos dá a liberdade de sermos melhores no presente e vivermos cada momento que Ele nos concede. Por tudo que ele viveu aqui nesse mundo, por tudo o que ele construiu não apenas materialmente. Mas principalmente, pelo carinho apoio a família e ao pai, ao marido e ao irmão que foi, sei que você foi em paz meu irmão.

Por Suzane Ferreira