Ciência e Vida - Rompendo os Dogmas do Sofrimento

Terapias Integrativas e Complementares

Terça, 07 de Maio de 2019.

Como Terapeuta Holístico, meu trabalho é definitivamente influenciado por outros. Até porque, meus clientes são também meus professores. Quando comecei a trabalhar comigo mesmo, descobrindo os problemas que me cercavam, não sabia bem o que estava fazendo.

Hoje, tenho mais de 1.500 exercícios e sou muito grato a todos que me fez criar esses exercícios. Meu papel, ou a minha missão é ensinar as pessoas a usar suas forças naturais, sentindo seu corpo e controlando-o melhor. Se todos fizessemos isso, 95% das doenças não existiriam. Existe um motivo para a dor. Se você não se sentir ferido e machucado durante a vida, vai viver metade de uma vida que valesse a pena.

Apenas a dor libera qualquer mal que possa estar nos rodeando. Tristeza e dor, mais ação sobre elas nos conduzem a mudança. Exatamente por isso é que as Terapias Integrativas e Complementares podem em muito contribuir com a medicina.

Oito (08) em dez pessoas tem problemas nas costas; uma em dez (10) tem artrite, metade da população mundial usa óculos e depois dos sessenta (60) anos de idade, as pessoas tem catarata, glaucoma ou degeneração de sua visão. Quero despertar não o mundo, mas sim acordar as autoridades responsáveis pelo bem estar, fazer muita coisa nessa área de tamanha demanda contra o processo degenerativo de centenas de vidas. Além disso, a forma pela qual eu atendo pessoas que me procuram, torna-se muito criativa. Para mim, a cura envolve aspectos espirituais, mentais e físicos. A vida é movimentos, mudamos nosso quadro de sofrimentos.

Alguns deles não nos deixam sentir o quanto estamos mal, acaba atingindo nossa sensibilidade interna. Outros não nos permitem perceber como podemos fazer as coisas se tornarem cada vez melhores e quando estamos presos a tensões passadas. Temos 600 músculos no corpo, mas usamos só 50. Poderíamos inspirar 3 mil milimetros de ar de uma só vez, mas inspiramos apenas 300 a 500.

As técnicas de respiração e meditação precisam ser acionadas na rede pública de ensino no sentido de que os alunos não fiquem estressados nas salas de aulas. Paz e harmônia devem ser acionadas nas escolas de todo Município de Três Rios.

A consciência de que estamos nos limitando constantemente pode mudar nossas vidas. Assim se, quando escrevo, torno meus dedos, os músculos de minhas mãos, não preciso tencionar meu ombro. Quando respiro, posso respirar através das costas e não no peito. A ideia de sentirmos o corpo e de nos abrirmos para as forças naturais que nos rodeiam, com certeza o que está preso, pode ser liberado. Se não for hoje, será no futuro, daqui a 20 anos e essas dores se tornarão crônicas.

Mas, se você aprender a isolar as costas das pernas, vai permitir que as pernas façam o seu trabalho e as costas os delas. Minha função de Terapeuta Holístico (Corporal) é passar adiante os limites do sub-consciente, a falta de conhecimento do próprio corpo e a falta de conexão da mente com o corpo. Através do toque terapêutico que exerço em meu trabalho é difinitivamente influênciado por outros, até porque foram muitos e muitos anos, cursando, se entendendo, participando com os chineses e indianos, uma cultura indiscutivelmente conhecidas no mundo inteiro.

Acho minha jornada significativa não pelo que aprendi, mas por aquilo que você pode fazer por si mesmo.Meus agradecimentos ao Sindicato dos Químicos, na pessoa do Sr. José Carlos Kopke Leitão, seu Presidente, seus Diretores Sr. Pedro e Sr. Joel, pela cessão do espaço no 3º andar do Prédio, situado à Rua Isaltino Silveira, 1319.

Onde no referido local fica estabelecido uma parceria entre a Associação em Terapia Holística e o SINDQUIMP/SERRANO.

Por Edgar Antunes

B01 - 728x90