Descubra o líder que existe em você!

Sábado, 03 de Junho de 2017.

Parte 1



Você já é um líder. Sabia? Estudiosos de liderança entendem que ela está relacionada à capacidade de uma pessoa na influência nas atitudes, crenças, comportamentos e sentimentos de outras pessoas. Seguramente você já influenciou outras pessoas a sua volta a partir de suas convicções. Não é mesmo?



A liderança vem há longo tempo se constituindo em tema de grande interesse dos estudiosos de várias disciplinas. Assim é que o primeiro escrito a mencionar as palavras liderança, líder e seguidor remonta aos egípcios e data do ano 2.300 A.C.



É, no entanto, no século XX, que os estudos com o objetivo de entender o fenômeno da liderança recebem grande impulso, especialmente no campo da Psicologia. Assim é que, Stogdill (1948), em seu HandbookofLeadership, catalogou 72 definições de liderança propostas por especialistas entre 1902 e 1947, o que ilustra o fato de que vários autores vêm tentando conceituar a liderança ao longo do tempo.



As primeiras teorias sobre liderança, chamadas de teoria dos traços ou inatistas, focalizaram-se nas características pessoais dos líderes e mantiveram-se em cena até o final dos anos 40.Tais teorias procuraram identificar traços dos líderes, isto é, a enfatizar as qualidades pessoais que caracterizavam os líderes relacionadas a fatores físicos, tais como altura, peso e aparência; a habilidades como inteligência, fluência verbal, escolaridade, elevado automonitoramento e conhecimentos relevantes ao trabalho.



A teoria dos traços também buscou destacar qualidades pessoais dos líderes a partir de uma ampla gama de aspectos de personalidade, tais como moderação, introversão, extroversão, dominância, ajustamento pessoal, autoconfiança, sensibilidade interpessoal, controle emocional, ambição,energia, desejo de liderar, integridade e autoconfiança.



Um segundo conjunto de teorias, denominadas de comportamentais, dominou o cenário acadêmico do início ao final dos anos 60 e enfocou os comportamentos que caracterizam os diferentes estilos da liderança. Essas teorias diferem das inatistas por defenderem que as habilidades dos líderes podem ser ensinadas.Qualquer um pode aprender a ser um líder!



Na década de 70 surgem as teorias contingenciais, que enfocam fatores situacionais e buscam estudar a influência mútua de líderes e liderados, bem como as circunstâncias ambientais que podem intervir no processo de liderança, sendo mais abrangentes do que a teoria dos traços e as teorias comportamentais.



A partir dos anos 80 surgem as teoriasneocarismáticas. Elas enfatizam que o líder é um gestor de significados, que o carisma pode ser aprendido e que os valores transformam o comportamento dos seguidores, principalmente se o líder tiver a visão e a capacidade de servir ao outro. Nesse conjunto de teorias, os principais estilos a serem destacados são os da liderança carismática, autêntica, transformacional, transacional, visionária, servidora, ética e virtuosa.



Na semana que vem falaremos sobre os estilos de liderança neocarismáticas e você poderá descobrir um pouco mais e se identificar com alguns dos estilos mais estudados na atualidade. Até lá...



 



Márcio Guimarães - Tenente Coronel da PMERJ, Comandante do 38° BPM e Mestre em Psicologia Social


Por Ten.Coronel PM Márcio Guimarães

B01 - 728x90