Disney lança plataforma de streaming para concorrer com a Netflix

Sábado, 10 de Agosto de 2019.

Disney lança plataforma de streaming para concorrer com a Netflix

Essa é para deixar a Netflix preocupada: a Disney anunciou, na última semana, que está entrando de cabeça no negócio de plataformas de streaming e vai oferecer a partir de novembro, inicialmente nos Estados Unidos, pacote de serviços que inclui o Disney Plus, ESPN Plus e o Hulu (canal de filmes promissor, com mais de 28 milhões de assinantes, que agora é propriedade da Disney) pelo preço de uma assinatura padrão.
A oferta, segundo o CEO da Disney, Bob Iger, vem com desconto de 27% sobre os preços avulsos incluídos no pacote, e deverá contar com a venda em plataforma de parceiros como Amazon, Apple e Google, por preço inicial de US$ 12. A novidade será lançada com oferta de mais de 300 títulos. Ainda não há previsão para difusão em outros países por conta das limitações do ESPN Plus e do Hulu – no entanto, alguém duvida de que essa questão será logo resolvida?
O que é streaming
Para quem não está habituado à nomenclatura, streaming (que em tradução seria córrego ou riacho, o que remete a fluxo) é uma tecnologia que envia informações multimídia, através da transferência de dados – via computadores e internet – com objetivo de tornar as conexões mais velozes e em tempo real). Não está restrito somente à exibição de filmes, mas vídeos e áudios em geral. O Youtube, o Vimeo, o Spotify e o Rdio são exemplos bem-sucedidos da atividade.
Com a popularização das mídias digitais, tais ferramentas têm sido grandes aliadas em estratégias de marketing, tanto para grandes empresas como pequenos empreendedores. Através delas, é possível apresentar os mais variados produtos para nichos específicos, desde cursos e tutoriais online a música, dança e outras apresentações artísticas.
Em outra oportunidade, voltaremos a falar do tema, focando o passo a passo para entender o mercado e suas táticas de monetização.

#BOMFIMDESEMANA

Por Daniele Barizon

B01 - 728x90