DOENÇA DE ALZHEIMER

Terça, 27 de Novembro de 2018.

DOENÇA DE ALZHEIMER

Quem tem a doença de Alzheimer, são pessoas com mais de 65 anos de idade, de qualquer raça ou classe social, homens e mulheres, um pouco mais mulheres do que os homens. Os riscos para a doença aumentam com a idade.

Em pessoas com menos de 60 anos de idade a doença é muito rara, porém após os 85 anos de idade ocorre em aproximadamente 10% das pessoas. Raramente acomete pessoas de 35 e 60 anos de idade, quando é denominada de doença de Alzheimer de início precoce. Em 95% dos casos ocorre na terceira idade, ou seja, o maior fator de risco para a doença é o envelhecimento.

A doença de Alzheimer é evolutiva, ou seja, progride com o passar do tempo. A forma como ela se apresenta, varia muito de pessoa para pessoa nas fases leve, moderada e grave.

Como na nossa sociedade julgar-se normal que idosos apresentam esquecimentos frequentes, o dignóstico do indivíduo acometido pela doença progressiva, o que significa que os sintomas pioram ao longo do tempo.

A velocidade com que piora é muito variável; portanto, o desenvolvimento da doença também será. Para o diagnóstico podem ser utilizados, além da entrevista médica, testes que avaliam as respostas físicas comportamental e emocional do indivíduo. Portanto, a doença Alzheimer, nada mais é a perda progressiva da memória, incapacidade de aprender e reter coisas novas, alterações de comportamento, alterações na personalidade da pessoa.

Existem várias pesquisas em andamento para uma melhor compreensão desse mal que vem atingindo esse segmento etário, ou melhor dizendo claramente a terceira idade.

Pelas suas características, poderiamos portanto afirmar, a nossa conclusão é de que Tai Chi Chuan e o Lian Gong é uma disciplina para ser praticada diariamente, de modo que, dela se colherem os melhores benefícios de bem estar geral; direcionado a saúde, vitalidade, força mental e física.

Edgar Antunes - Terapêuta Holístico Corporal:
é formado pela AFICORJ Associação de Filosofia e Cultura Oriental
e pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro-RJ.
Inf.: (24) 98844-3377
 

Por Edgar Antunes

B01 - 728x90