Doenças Sexualmente Transmissíveis - D.S.T.s

Continuação (Parte 3)

Quarta, 11 de Julho de 2018.

5) Cancro Mole ou Cancróide ou Cavalo
Manifesta-se dois a cinco dias após a relação sexual com uma pessoa que tenha a doença. Primeiro aparecem uma ou mais feridas com pus, dolorosa que se espalha rapidamente, aumentando o tamanho e ficando profunda. O cancro mole seu agente causador é Haemophilus ducreyi.
A doença não desaparece se tratada. Pelo contrário, surgem outras feridas em volta da primeira. O próprio doente, sem querer, provoca o aparecimento de novas feridas, ao se coçar. No homem, estas feridas se localizam geralmente na ponta do pênis. Na mulher, aparecem na vulva que é a parte externa do aparelho sexual (grandes e pequenos lábios), no ânus e, mais raramente, na vagina e no interior do aparelho sexual.
Se você sentir alguns desses sintomas, procure imediatamente o médico ou um Posto de Saúde mais próximo. A automedicação é perigosa, cuidado, não façam tratamento em farmácias ou com pessoas amigas ou leigas.
O cancro mole, cancróide ou cavalo também apresenta ínguas dolorosas chamadas de bubão, há dor nas relações sexuais, ao defecar e também corrimento, impedindo às vezes do doente de ambular (andar).
6) Linfogranuloma Venéreo ou Donovanose ou Mula, ou Bubão
O agente causador é a Chlamydia trachomatis ou Nicolas-favres.
Os primeiros sintomas dessa doença são: febre, mialgias (dores musculares), edemas (inchações) e pus nas virilhas e aparecimento de uma pequena ferida nos órgãos sexuais. Esta ferida é indolor e pode passar desapercebida.
Após 7 a 30 dias do contágio surge um aumento dos gânglios da virilha, isto é, formam ínguas. Duas ou três semanas depois, cada íngua se rompe e elimina pus. na mulher, as feridas podem se localizar também na vagina ou em partes internas do corpo. Assim ficam ainda mais difíceis de serem percebidas. Ainda nas mulheres e em alguns homossexuais, os gânglios afetados podem ser aqueles que ficam em volta do reto (parte interna do ânus), causando dificuldade para defecar (tenesmo anal).
7) Tricominíase
Na mulher, esta doença se localiza na vagina ou em partes internas do corpo; no homem, só nas partes internas.
Os principais sintomas da Tricomoníase são: corrimento amarelo esverdeado, com mau cheiro; dor durante o ato sexual, ardência e dificuldade para urinar e coceira (prurido0 nos órgãos sexuais.
Se você estiver com tricomoníase, seu parceiro também deve fazer exames médicos, a maioria das DSTs, podem ser completamente curadas, quando feito tratamento adequado.
8) Condiloma Acuminado
Também conhecido como crista de galo, figueira ou cavalo de crista, esta doença causa o aparecimento de verrugas na região genital e/ou anal.
Bem no início da doença, pode haver apenas uma ou duas verrugas pequenas. Nessa época, a doença não faz grandes estragos, porque o tratamento é muito fácil, e a cura vem em poucos dias. mas se a pessoa não procurar logo o médico, as verrugas começam a crescer e a se espalhar, ficando juntinhas das outras, parecendo uma couve-flor. É aí, que dependendo do tempo, às vezes, é necessário fazer uma operação para a pessoa ficar curada, caso contrário se transforma em neoplasia (câncer de pênis) levando a penectomia (retirada do pênis, ou amputação) o condiloma acuminado ou HPV ou Papilomavírus.
Nunca faça a automedicação mesmo em farmácias, pois você põe em risco o seu pênis; na mulher pode levar ao câncer de colo do útero é preciso procurar o ginecologista com urgência.
Continua na próxima coluna.

Por Dr. Eneas Zandomênico

B01 - 728x90