Lei Lucas e a importância dos primeiros socorros

Sábado, 15 de Setembro de 2018.

Lei Lucas e a importância dos primeiros socorros

A lei Lucas visanos alertar para algo que pode ocorrer a qualquer momento, um evento inesperado que pode ocasionar a perda de vidas e com elas várias histórias e gerações pelo não conhecimento de técnicas simples porém vitais para a preservação da vida. Todos nós adultos somos filhos de alguém e claro já fomos crianças um dia, é natural que com tanta energia as crianças e adolescentes queiram brincar, correr, pular e se alimentarantes e após isso até mesmo por necessidades fisiológicas, porém caso venham a se engasgar ou se machucar o pior pode vir a acontecer se medidas não forem tomadas. A lei Lucas tem como plano de fundo uma trágica história que serve de alerta a todos nós. Certo dia o menino Lucas Begalli Zamora, de 10 anos, foi a um passeio com o colégio particular no qual estudava, em Campinas – SP. Na hora do lanche lhe foi servido um cachorro quente quando então começou a se engasgar com um pedaço de salsicha,Lucas não recebeu os primeiros socorros rapidamente e de forma adequada o que agravou sua situação o levando a óbito. Desde então pessoas tem se mobilizado em prol de melhorias quanto a ações rápidas com intuito de salvar vidas em situações semelhantes, ressalto os familiares que nesse momento de luto e muita dor conseguiram buscar formas para que o mesmo não venha a acontecer e vidas sejam perdidas indo do luto à luta.Lucas poderia estar entre nós caso medidas corretas fossem tomadas (manobra de Heimlich) também conhecida como compressão abdominal ou abraço do desengasgo que tem o intuído de desobstruir as vias aéreas por corpo estranho, manobra essa descrita pela primeira vez pelo médico Henry Heimich em 1974. Lucas ainda permanece entre nós servindo de alerta para situações semelhantes e em nossos corações. Quando deixamos nossos filhos em uma instituição de ensino ou sob os cuidados de outros responsáveis entendemos que os mesmos encontram-se preparados para situações semelhantes e de emergência o que proporciona a maior segurança dos nossos pequenos e jovens. Esperamos que os locais que se dizem preparados para receber as nossas crianças realmente sejam, nos resta saber se existem pessoas capacitadas, treinadas em primeiros socorros e que possam dar uma resposta imediata e eficaz caso exista a necessidade em situações de engasgos, cortes, fraturas, desmaios, convulsões e etc.Qualquer adulto exceto em casos especiais é capaz de aplicar a manobra de Heimlichaté que a resposta do socorro especializado chegue ao local pois sabemos que os primeiros minutos são cruciais.Em outros países noções de primeiros socorros já são ensinadas nas escolas, faculdades, universidades, instituições de ensino, acampamentos e etc. Existe a necessidade de uma mudança cultural em prol da segurança e preservação do bem maior que é a vida, constantemente vidas são perdidas por falta de medidas simples, esse cenário tende a mudar no Brasil com a Lei Lucase a divulgação de medidas prevencionistas como o conteúdo desta coluna.Quanto ao ambiente de trabalho vale lembrar que todas as empresas devem possuir pessoa treinada quanto aos primeiros socorros e ter o kit de primeiros socorros disponível conforme diretriz da Norma Regulamentadora “NR 7” da Portaria N° 3.214, de 8 de junho de 1978.A norma referida diz que “todo estabelecimento” deverá estar equipado com material necessário à prestação dos primeiros socorros, considerando-se as características da atividade desenvolvida; manter esse material guardado em local adequado e aos cuidados de “pessoa treinada” para esse fim. O descumprimento da NR 7 quanto ao treinamento e disponibilização do Kit de primeiros socorros de forma adequada é “passível de multa”. Muito se fala a respeito de valores éticos e morais, de amor ao próximo, porém entendo que uma das maiores formas de amor ao próximo é preservar a vida e integridade física do próximo. Conforme dito por Mário Sérgio Cortella “faça o teu melhor, na condição que você tem, enquanto você não tem condições melhores para fazer melhor ainda”. Sabemos que em nosso país na teoria a prática é outra, mas se buscamos um país melhor e com condições mais dignas precisamos partir do princípio que cada um de nós precisa fazer a sua parte seja lendo e transmitindo informações, escrevendo e compartilhando conhecimento, dando treinamentos, participando de treinamentos, palestras, seminários, workshops e afins,criando formas para que o necessário aconteça de fato... Tudo começa de um primeiro passo, o mais importante, e a caminhada depende de cada um de nós. De acordo com citação de Walt Disney “o que quer que você faça, faça bem feito. Faça tão bem feito que, as pessoas ao te virem fazendo queiram voltar e ver você fazer de novo e queiram trazer outros para mostrar o quão bem você faz aquilo que faz”. Que possamos manter nossos princípios e valores éticos e morais tendo em vista um mundo e consequentemente um país melhor. O senhor é o nosso pastor e nada nos faltará.

Jheancalos Garcia

Por Jheancarlos Garcia

B01 - 728x90