Lian Gong Shu Ba Fa

Ginástica Terapêutica e Preventiva

Terça, 19 de Março de 2019.

Lian Gong Shu Ba Fa

O Lian Gong, desde que começou a ser divulgado em 1975 até hoje, tem mostrado excelentes resultados no tratamento de síndromes doloridas no pescoço, nos ombros, na região lombar e nas pernas. O Dr. Zhuan Yuan Ming, é o criador dessa ginástica, e é considerado um dos 100 maiores ortopedista da Medicina Tradicional Chinesa. Essa coluna tem como intuito oferecer o conhecimento teórico necessário, relacionado com a prevenção e tratamento das doenças mais comuns com a prática do Lian Gong, em um paralelo com a aplicação das diversas manobras terapêuticas em que a ginástica se inspirou unindo o caráter científico dessa terapêutica.

Em relação a cada movimento (foto acima) de alguns execícios do Lian Gong para todos aqueles profissionais que trabalham com orientação ou terapia nas áreas de saúde e da Educação Física. Tudo no mundo está em constante desenvolvimento, não poderia ser diferente com o Lian Gong em 18 terapias.

Através do acúmulo gradual de experiências nos vários anos de prática e ensino desta ginástica, durante meu estágio no posto de atendimento médico da Cinelândia, famoso pelas várias modalidades terapêuticas realizadas por uma equipe de terapeutas, atendendo usuários com Shiatsu, Acupuntura, Tuiná, Tai Chi, Lian Gong, Ayurueda, Cromoterapia, Shantala, Moxabustão, Reiki, Massagens, Auriculoterapia, Arteterapia, Cura Prânica, Biodança, Osteopatia, Meditação, Naturopatia, Reflexologia e muitas outras procuradíssimas pelo público em geral.

No decorrer do tempo, tínhamos a certeza de que as chamadas terapias integrativas e vomplementares um dia viria ou seja, fosse percebida pelas autoridades ligadas e responsáveis pelas políticas públicas de saúde, no momento certo elas viriam, como veio.

De acordo com a portaria 849 de 27 de Março de 2017, do Ministério da Saúde, a Câmara de Vereadores do Município de Três Rios, por unanimidade, aprova o Projeto Programa Municipal de Práticas Integrativas e Complementares, já há tempos muito esperada, irá com toda a certeza contribuir bastante com a enorme demanda da população por esse atendimento através do Sistema Único de Saúde (SUS) incrementando assim no município e região, uma ação saudável para seus usuários.

Agora, ficamos na expectativa do Poder Executivo sancionar o Projeto que vai trazer a união das Culturas Orientais e Ocidentais de maneira crescente nos tempos de hoje.

Tavez a falta de livros técnicos e cursos especializados, e a demora do reconhecimento, ajudaram esse quadro a não mudar tão depressa quanto seria necessário, pois o Brasil sendo tão grande e possuindo um número ainda insuficiente de médicos, principalmente para atender a seus diversos pontos longíguos, as terapias integrativas e Complementares virão no socorro de muitos que precisam, pela facilidade de sua aplicação e seu custo reduzido que muitas às vezes, se limita apenas a pessoa que a aplica.
O trabalho dos terapeutas jamais serão um atendimento médico, mas serão sim uma complementação muito forte no campo da medicina, enriquecendo a cultura, saúde e bem estar da população que precisa pela iniciativa tomada em prol de melhores políticas públicas de saúde.
Esta coluna parabeniza a todos os vereadores pela decisão tomada em prol da comunidades das regiões cujo benefício muito contribuirá através dessa ação justa e humanitária.

Mais Informações: (24) 98844-3377

Por Edgar Antunes

B01 - 728x90