Moxabustão

Terça, 28 de Agosto de 2018.

Moxabustão

Conhecido recurso terapêutico, proveniente da tradicional medicina chinesa, que consiste na aplicação da lã da erva Artemísia (envelhecida por pelo menos 3 anos) acesa em pontos de Acupuntura, meridianos ou áreas, do fluxo energético no meridiano ou na região e a remissão de disfunções orgânicas, quadros alérgicos e outras alterações.
A palavra moxabustão deriva de Magusa (Artemísia) somando a combustão e pode ser aplicada de diversas maneiras, utilizando-se de técnicas variadas, dependendo do caso. O mais popular é o bastão de moxa, devido a facilidade de aplicação e também por poder ser encontrado pronto em lojas de material de acupuntura. Mas além dele, encontramos a moxa clara, para aplicação direta sobre apele e a moxa escura, em outras técnicas que utilizam também o gengibre ou sal marinho e ainda a aplicação com as pirâmides.
Seu uso é recomendado para aumentar a energia “Yang” em acometimentos pelo frio e pela umidade e para favorecer a circulação da energia defensiva (Wei chi) em fraquezas e debilidades em geral, para tonificar pontos específicos ou o organismo como um todo nos casos de dores musculares e esqueléticos. Na prática do Moxabustão observam-se resultados muito positivos para remissão de osteofítos (proliferações ósseas marginais a superfície articular) hérnias de disco. Normalmente este recurso é utilizado por Acupunturistas e Shiatsuterapeutas, pois ambos devem ser profundos conhecedores dos princípios da tradicional medicina chinesa. Portanto devem estar aptos a utilizar a técnica de forma holística, não apenas sintomática (indicação da existência de algo) levando em consideração suas inúmeras contra-indicações para uso local ou sistêmica (referente a circulação sanguínea).
O profissional deve estar apto a instruir o seu cliente sobre o trabalho que irá realizar a fim de que o mesmo possa permanecer colaborativo e confiante, permitindo assumir a correta aplicação da Moxabustão. Os benefícios da Moxabustão são especialmente sentidos durante o inverno, no qual é grande o número de acometimentos decorrentes da energia do clima frio e também em pessoas idosas, pois nesta fase da vida há um declínio previsto da energia “Yang”. Além disso, pessoas muito debilitadas, crianças que apresentam crescimento inferior a sua idade e portadores de problemas ósteo articulares são enormemente beneficiados.

Edgar Antunes - Shiatsuterapêuta
Inf.: (24) 98844-3377

Por Edgar Antunes

B01 - 728x90