ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ÚLTIMAS

Pelo mesmo Cano que o Wanderley entrou, Rogério Ceni está entrando

Terça, 20 de Abril de 2021.

  Pelo mesmo Cano que o Wanderley entrou, Rogério  Ceni está entrando Amigo é para essas coisas. Por jogarmos juntos, e do mesmo lado esquerdo, fazendo dupla, eu, Wanderley Luxemburgo e Junior jamais deixamos de nos ver. Amizade de Flamengo nos anos 70.
De Três Rios, sem pressão, acompanho os jogos, como jornalista, e como ex atleta e amigo, ligo quando posso ajudar.
Quando Wanderley efetivou Felipe Mello na zaga, e ele falhou contra o Flamengo, liguei pro Júnior. Me dá o contato do Wanderley. Era latente que pelos anos à frente da zaga, em certas bolas alçadas o cabeça de área, como ele, acostumou ao socorro de um zagueiro que vinha em sua cobertura.
Gente, não são 90 minutos, mas uma vida inteira Felipe Mello acostumou a ser o vigia que tinha um guarda maior que ele protegendo lá atrás o patrimônio.
Parecia praga: Wanderley o manteve por mais três jogos perdidos e perdeu o cargo. E Felipe Mello falhou em todas. Falta de aviso e amizade não foi.
Bem, agora Rogério Ceni retirou 345 partidas do Arão à frente da zaga, muitas vezes bem à frente, por sua qualidade, e o coloca na zaga com o Flamengo revelando um zagueiro a cada dois minutos.
E contra o Vasco, no segundo gol, em uma tabelinha simples, Cano saiu nas costas do quarto zagueiro e ele não acompanhou. Acho que ficou esperando o Rodrigo Caio. Que, aliás, não estava jogando.
Por favor, revejam o lance. Ele é importante porque mostra a falha de uma peça que pode colocar toda uma obra ir pelo Cano.
Como foi contra o Vasco, literalmente.
Rogério, por favor, não invente, devolva o Arão pro meio porque 50% dos meus filhos e netos são rubro-negros. E estão bravos, falando que você também merece entrar pelo Cano. Escolheram até o seu substituto:
Amanco! Amanco!

Por José Roberto Lopes Padilha