Prevenção e Proteção Contra Incêndios

(Continuação – Parte ll)

Sábado, 19 de Maio de 2018.

Prevenção e Proteção Contra Incêndios

Conforme dito anteriormente na última edição da coluna os incêndios são capazes de levar a prejuízos materiais e pessoais porém a maior perda sempre será a vida. Sabemos que acidentes envolvendo o fogo tem um alto grau de periculosidade, diante de tais riscos devemos estar preparados para enfrentá-los de forma correta. O escritor Alan Deutschman autor do livro Mude ou Morra relata em seu livro que existem três chaves da mudança no trabalho e na vida: relacionamento, repetição e reestruturação para nos ajudar a fazer importantes transformações positivas em nossas vidas. Creio que uma mudança de cultura seja fator primordial para alcançarmos resultados positivos, em prol de medidas prevencionistas. Noções a respeito de Segurança e Saúde no Trabalho (SST), Prevenção e Combate a Incêndio e Primeiros Socorros deveriam ser ensinadas nas empresas, instituições de ensino, escolas, faculdades, universidades, e a toda a população em geral como podemos observar em países mais avançados.Nos ambientes de trabalho temos como referência as normas vigentes relativas à Segurança e Saúde no Trabalho como a Norma Regulamentadora (NR 23) Proteção Contra Incêndios da Portaria 3.214/78 que determina que todos os empregadores devem adotar medidas de prevenção de incêndios, em conformidade com a legislação estadual e as normas técnicas aplicáveis o que resguarda o patrimônio público se visto como um todo e cidadãos que trabalham.Nós profissionais da área de Segurança e Saúde do Trabalho: Técnico de segurança do trabalho, Engenheiro de segurança do trabalho e demais, promovemos cursos e palestras de Prevenção e Combate a Incêndio, a proteção contra incêndios disciplina sobre as regras complementares da Segurança e Saúde no Trabalho que por sinal é uma área muito abrangente como iremos falar em futuras edições,vale ressaltar que contamos também com os Bombeiros Civis que atuam seguindo as diretrizes da Lei 11.901, de Janeiro de 2009, as brigadas e claro o próprio Corpo de Bombeiros. Sabe-se que os primeiros minutossão os mais importantes no combate a incêndio. Logo após esse tempo o fogo já pode se tornar incontrolável, em caso de incêndio entre em contato com o Corpo de Bombeiros através do número 193, a ligação é gratuita e eficaz. Segundo dados do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) 30% das ligações recebidas pelos telefones 193 e 192 são trotes, o mesmo é considerado crime e pode evitar que emergências reais sejam atendidas ocasionando perdas materiais e ceifando vidas. Sabemos que o todos saem perdendo com os incêndios, o governo perde, os empregadores perdem, os empregados perdem e a população consequentemente como em um efeito dominó. Todos devem adotar medidas de prevenção, certo dia li em um artigo que nenhum sistema de prevenção será eficiente se não houver pessoas com conhecimentos, treinadas e capacitadas para operá-lo pois esses indivíduos serão decisivos em situações de emergência salvando as instalações de sucumbirem diante do fogo e salvando vidas. A maior ferramenta existente é o conhecimento porém pior do que ser ignorante é não querer aprender e/ou praticar o que já se aprendeu. O senhor é o nosso pastor e nada nos faltará!

Por Jheancarlos Garcia

Crédito da Foto: Reprodução

B01 - 728x90