Setembro Amarelo – vamos multiplicar o amor

Sábado, 07 de Setembro de 2019.

Setembro Amarelo – vamos multiplicar o amor

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 800 mil pessoas cometem suicídio por ano, o que corresponde a uma morte a cada 40 segundos. Só em nosso país, são 32 mortes por dia. Números assustadores, certo? Mas a OMS diz, também, que 9 entre 10 suicídios podem ser evitados, razão pela qual a prevenção é fundamental, estimulando o diálogo e abrindo espaço a debates que contribuem para mudar esta realidade.
Nesse contexto, setembro foi escolhido como o mês de prevenção mundial do suicídio. No período, diversas ações são realizadas em prol da conscientização, orientação e esclarecimento do assunto, por parte de inúmeras instituições. No Brasil, por iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), acontece desde 2015 a campanha Setembro Amarelo, cuja ideia é falar abertamente sobre o tema, quebrando o silêncio e “pintando, iluminando e estampando o amarelo em todas as suas resoluções”, garantindo mais visibilidade à questão.
Mas o que eu posso fazer, além de compartilhar informações pelas redes sociais? Entender o problema, exercitar a empatia, aprender a identificar os sinais de alerta que às vezes até mesmo amigos próximos estão demonstrando, e ajudar através da abordagem mais adequada, são algumas das propostas do Setembro Amarelo. Participar dos eventos relacionados à causa, uma boa forma de estar por dentro das soluções elencadas por especialistas para reverter este quadro.
Por fim, lembremos: depressão não é brincadeira. Basta um gatilho para deflagrar a crise, que pode ser fatal. Não sabemos pelo que o outro passa, mesmo que esteja sorrindo. Motivo pelo qual devemos ter cuidado redobrado com o que falamos pessoalmente ou o que partilhamos no ciberespaço. Seja gentil sempre. Vamos multiplicar o amor.

Setembro Amarelo em Três Rios
Inserida na campanha Setembro Amarelo, a Associação Médico Espírita de Três Rios convida todos a participarem da atividade de conscientização, com orientação e distribuição de panfletos, que será realizada no próximo dia 14, a partir das 9h, na Praça São Sebastião. A ação conta com a atuação de voluntários e profissionais de saúde cedidos pela Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora Suprema.

Por Daniele Barizon

B01 - 728x90