Teatros do Brasil (Parte IV): Teatro da Paz e Teatro Amazonas

Sábado, 06 de Abril de 2019.

Teatros do Brasil (Parte IV): Teatro da Paz e Teatro Amazonas

O Brasil possui riquezas que, se não passam despercebidas pelos nossos olhos, são sumariamente ignoradas pelo nosso povo. Se o patrimônio em questão localizar-se fora do eixo cultural Rio-São Paulo, maiores serão as chances de caírem no esquecimento. No que diz respeito a teatros de ópera brasileiros, duas exceções nos chamam a atenção: o Teatro da Paz, em Belém do Pará; e o Teatro Amazonas, em Manas.
Localizados na Região Norte do país, os dois teatros surgiam em função de um importante período histórico brasileiro: o “Ciclo da Borracha”. Por volta do ano de 1860 a indústria mundial encontraria aplicações comerciais para a borracha vulcanizada, o que revolucionaria o varejo de artigos manufaturados nos mercados europeu e norte-americano.
Nesta época, o Norte do Brasil era a região de maior extrativismo de látex do mundo, o que resultou em uma prosperidade econômica jamais vista na região. A nova classe dominante, ávida por transformar as capitais do Norte em cidades refletidas na cultura europeia, propuseram reformulações urbanísticas, sendo o estabelecimento de teatros de ópera uma das realizações mais importantes, conferindo certa “erudição” aos rios emergentes da borracha.
Inaugurado em 1878, o Teatro da Paz, em Belém, possui linhas arquitetônicas neoclássicas inspiradas no Teatro Scala de Milão. Foi, de fato, a primeira e maior casa de espetáculos construída na Região Norte. O prédio foi erguido com materiais refinados: madeiras nobres, cristais europeus, etc. sendo decorado com dezenas de obras de arte. Seu salão principal acomoda até 1.100 espectadores.
Não menos esplendoroso é o Teatro Amazonas. Construído em Manaus no mesmo período de prosperidade, o teatro é um marco histórico-cultural do país, sendo inaugurado em 1896. Apesar de ser mais modesto em sua capacidade de espectadores em comparação ao teatro paraense (acomodando apenas 701), em nada deixa a desejar em luxo e grandiosidade arquitetônica. O Teatro Amazonas destaca-se por abrigar o Festival Amazonas de Ópera, um festival lírico realizado anualmente desde 1997, de reconhecimento internacional e que reúne os principais músicos e artistas de ópera do mundo.

Por Vinícius Pereira

B01 - 728x90