1º de dezembro - Dia Mundial de Luta contra a Aids

País - (Opinião) - Sábado, 30 de Novembro de 2019.

1º de dezembro - Dia Mundial de Luta contra a Aids

*Professor Valber Moraes


O Dia Internacional da Luta contra a AIDS é comemorado anualmente em 1º de dezembro. A data tem o objetivo de conscientizar a população sobre uma das doenças que mais mata no mundo: a AIDS. Não apenas informar as pessoas sobre os sintomas, perigos e formas de se prevenir da doença, o Dia Mundial de Luta contra a AIDS também tem a função de auxiliar no combate contra o preconceito que os portadores de HIV - vírus humano de imunodeficiência - sofrem na sociedade por causa da doença.
A sigla AIDS vem do inglês Acquired immunodefiecience syndrome, que em português significa “Síndrome da Imunodeficiência Adquirida”. O vírus da AIDS (HIV) destrói as células brancas do organismo, responsáveis em proteger e combater doenças no corpo humano. Com a destruição das defesas do organismo, o corpo fica bastante fragilizado e propício a ser atacado por inúmeras doenças, como pneumonias, infecções, herpes e até mesmo alguns tipos de câncer. Como se contrai o vírus da AIDS? A AIDS pode ser transmitida através do contato de fluídos corporais do infectado com o sangue de uma pessoa saudável, por meio de relações sexuais sem preservativo (camisinha), transfusões de sangue ou compartilhamento de seringas e agulhas. Atenção: beijos de língua, abraços ou contatos com a pele da pessoa portadora de HIV não transmite a doença! A doença não tem cura, mas pode ser tratada com coquetéis antiaids, quando diagnosticada a tempo, melhorando a qualidade de vida do infectado. Origem do Dia Mundial da Luta contra a AIDS. O Dia Mundial de Luta contra a AIDS foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), em uma Assembleia realizada em outubro de 1987. O governo brasileiro, através do Ministério da Saúde, promove campanhas de apoio ao Dia Internacional de Luta contra a AIDS desde 1988. O vírus HIV pode ser transmitido pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações. A forma mais eficiente de prevenção a aids e outras doenças sexualmente transmissíveis - DST é o uso do preservativo em todas as relações sexuais. No município de Três Rios o preservativo está disponível em toda rede pública de saúde. Durante o pré-natal é importante que a gestante faça o teste anti HIV, pois se ela descobrir que tem o vírus terá acompanhamento especializado, recebendo o tratamento e informações necessárias para evitar a transmissão vertical - de mãe para o bebê.

*(Cref: 013470-G/RJ).
Educador Físico do NASF-AB
Pós Graduado em Saúde da Família
Fonte: https://unaids.org.br › estigma-e-discriminacao

Por Assessoria de Imprensa

Crédito da Foto: Reprodução

Publicidade
728x90
B03 - 300x250