Acordo injetará recursos na ciência e inovação

Estado do Rio - (Cotidiano) - Sexta, 23 de Agosto de 2019.

Acordo injetará recursos na ciência e inovação

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, por intermédio da Fundação Carlos Chagas de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj), acaba de firmar uma parceria com a Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que prevê a injeção de mais de R$ 5 milhões nas atividades de pesquisa do estado. O acordo, assinado com o professor Jorge Guimarães, presidente da Embrapii, inclui a concessão de bolsas e fomento a projetos estratégicos de pesquisa, desenvolvimento e inovação em unidades e polos da Embrapii no Rio de Janeiro.
"Esse acordo representa mais uma possibilidade de realizarmos parcerias com empresas para o fomento da inovação e da tecnologia no Rio de Janeiro, bem como em todo o país", afirmou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues.
Entre os temas que poderão receber apoio estão soluções computacionais em engenharia, química industrial, tecnologias para produções mais limpas, desenvolvimento de dispositivos para geração e armazenamento de energia, soluções inovadoras para a agroindústria, engenharia submarina para exploração de óleo e gás, cidades inteligentes e mobilidade urbana.
Participaram da assinatura também o presidente da Faperj, Jerson Lima, o diretor técnico Maurício Guedes, e a diretora científica Eliete Bouskela. Estavam presentes ainda Raul César Martins, gerente da Tecgraf, braço da Embrappi, e o pesquisador da UFRJ Antônio Carlos Carvalho.

A Embrapii

Vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) tem cerca de 700 projetos em inovação desenvolvidos por seus centros de pesquisas credenciados em parcerias com empresas nacionais. Somente nos primeiros 100 dias de 2019, foram firmados 44 projetos – praticamente um a cada dois dias – que totalizaram R$ 52 milhões.
A Embrapii atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais. Atualmente, há 42 unidades credenciadas pelo país, sendo quatro no Rio de Janeiro. Ascom RJ

Por Redação

Crédito da Foto: Divulgação Ascom RJ

Publicidade
1200x628jpg
4 itens por 199