Assaltante faz idosa refém em Valença e é morto por policial

Valença - (Polícia) - Quinta, 06 de Dezembro de 2018.

Assaltante faz idosa refém em Valença e é morto por policial

Cristiano Pereira Fabiano, de 24 anos, foi morto na manhã de ontem (5) pela polícia após assaltar a joalheria Barra Joias, no Centro de Valença, e fazer uma idosa, de 83 anos, de refém. A mulher ficou aproximadamente 10 minutos na mira de um revólver calibre 32, que o homem apontava para sua cabeça.

O ladrão entrou no estabelecimento, anunciou o assaltou e começou a colocar brincos, pingentes, colares e pulseiras na mochila, avaliados em R$ 50 mil. Num dado momento, a proprietária da joalheria saiu do local e acionou a PM.

Cristiano, que foi perseguido por um segurança da loja, fugiu da joalheria em direção ao Mercado Municipal. Uma viatura da polícia também participou da perseguição. No meio da fuga, o assaltante pegou a senhora, que ia na farmácia comprar remédio para o filho.

Transeuntes começaram a gritar para que ele soltasse a vítima e o assaltante, com a arma apontada para a idosa, seguia agarrado em seu pescoço, até que a senhora tropeçou nos paralelepípedos e caiu no chão. Um policial aproveitou daquele instante e atirou contra Cristiano, que morreu no local.

Cristiano, que era conhecido como CR e morava no bairro Nova Conquista, em Itatiaia, já teria tentado matar um policial militar e roubar o carro (Golf) também de um PM. Ele era suspeito de praticar roubos e furtos.

A idosa, que passou por exames no hospital, recebeu em sua residência a visita de policiais, relatou que achou que fosse morrer e que agora vai sair menos de casa. Fonte: G1

Por Redação

Publicidade
AMARO 728x90 17C12
200 produtos com 50OFF - 300x250