Bioeconomia é tema da 25ª Semana Científica da FMP/Fase

Região - (Saúde) - Sexta, 18 de Outubro de 2019.

Bioeconomia é tema da 25ª Semana Científica da FMP/Fase

Entre os dias 23 e 25 de outubro de 2019, a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) vai promover a 25ª edição da Semana Científica. Esse ano, o tema central será Bioeconomia. Esse é um conceito claro para você? Da pesquisa sobre alimentos funcionais à produção de alimentos transgênicos assim como o uso de células tronco, uma vasta gama de produtos, processos e serviços de base biotecnológica de menor impacto ambiental, com o objetivo de garantir maior sustentabilidade e qualidade de vida é o que define a Bioeconomia.
“Estamos trabalhando a partir de dois eixos fundamentais: pensar a Bioeconomia como oportunidade de desenvolvimento econômico, considerada a biotecnologia aplicada ao desenvolvimento de produtos, que hoje se coloca como uma grande oportunidade de negócio no mercado, mas também considerar que toda essa biodiversidade envolve não só o cuidado e a preservação de um patrimônio biológico, mas também de saberes tradicionais que estão relacionados à preservação desse patrimônio e de como, através dos tempos, diferentes povos de alguma forma construíram uma relação com o meio ambiente onde o respeito e o cuidado permitiram compreender a dinâmica possível entre o homem e o meio ambiente que gera saúde, bem-estar e maior sustentabilidade para o planeta e para qualquer civilização humana”, explica Maria Regina Bortolini, coordenadora da 25ª Semana Científica da FMP/Fase.
A Semana Científica é o maior evento realizado pela FMP/Fase nos moldes de um congresso, que recebe palestrantes de todo o Brasil. Durante o evento são realizadas palestras, cursos, mesas redondas, atividades culturais, mostras de trabalhos etc. Esse ano, a abertura vai contar com uma palestra sobre “Ética do cuidar e desenvolvimento sustentável”, com o professor da UFRJ, Rodrigo Medeiros.
“Como sempre, a gente vai ter um conjunto de atividades culturais, de stands de empresas e organizações que trabalham com produtos que se afinam com essa discussão e que estarão de alguma forma contribuindo com a Semana Científica trazendo algum tipo de experiência direta em relação a produtos e projetos que trabalham numa perspectiva mais sustentável”, comenta.
Uma mesa redonda sobre Biotecnologia em saúde, a partir da contribuição dos palestrantes Beni Olej, Gabriel Mendes e Antônio Saraiva promete uma profunda reflexão sobre as questões éticas relacionadas ao desenvolvimento de pesquisas de base biotecnológica. Além disso, serão oferecidos minicursos em farmacobotânica e biotecnologia vegetal.
“Para garantir a melhor utilização e o aproveitamento da biodiversidade e respeito às comunidades tradicionais, sem comprometer os ecossistemas, é necessário construir políticas públicas que preconizem o respeito à vida. Por isso, em nossa Semana Científica desse ano, vamos discutir as possibilidades e os dilemas que o campo da Bioeconomia nos traz, refletir sobre os limites éticos que ele exige, de modo a se preservar o cuidar como ética na vida, como uma atitude presente e cotidiana”, destaca Bortolini.
As atividades envolvem alunos desde o ensino médio até a pós-graduação com apresentação de suas pesquisas. Foram realizadas mais de 150 inscrições de projetos que serão apresentados nessa edição da Semana Científica, um recorde com diferentes tipos de trabalhos, desde resultados de pesquisas científicas até práticas educativas inovadoras e atividades Extencionistas, oportunizando a comunicação de experiências desenvolvidas no âmbito do ensino, da pesquisa e da extensão.
“Um evento como este é de suma importância para a cidade, pois traz mais de cem pesquisadores renomados nos seus diferentes campos de atuação, de várias regiões do país, que vão oferecer a oportunidade do debate e da reflexão sobre questões tão caras na atualidade. O cuidado com o meio ambiente, com a nossa biodiversidade, preservação de áreas onde o patrimônio natural tem sido constantemente ameaçado está na ordem do dia, que se coloca para todo brasileiro com o mínimo de consciência Ambiental”, finaliza Bertolini.

O evento é aberto à participação de todos, incluindo escolas. Outras informações e as inscrições estão disponíveis no site do evento: https://www.even3.com.br/sc_fase/
Fonte: Planeg Publicidade

Por Redação

Crédito da Foto: Reprodução

Publicidade
1200x628jpg
3 Tenis 189