ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ÚLTIMAS

Boca maldita: da banca para o bar, a política em pauta

Três Rios - (Política) - Quinta, 09 de Janeiro de 2020 às 12:00 horas.

  Boca maldita: da banca para o bar, a política em pauta

Algumas pessoas que passam diariamente pela Rua Dr. Walmir Peçanha, no Centro de Três Rios, sempre param ao lado da conhecida Banca do Ivoney para ver as manchetes dos principais jornais que circulam pela região, dentre eles, o Entre-Rios Jornal.
E os assuntos em torno das capas do jornais em exposição fervilham: futebol, segurança, economia, política. Enfim, os comentários prós e contras são os mais variados naquela "boca maldita". Assim, por influência da capital paranaense, usou-se o termo para denominar o local onde várias pessoas se reuniam de forma improvisada e sem qualquer combinação de dia ou horário para discutir assuntos dos mais variados em Curitiba.
Aqui em Três Rios, duas dessas chamadas "bocas malditas", ficam no centro da cidade. A outra, na Praça São Sebastião, ao lado da banca de jornais do Serginho (antiga Banca do Leite), do ponto de táxi e próxima de uma lanchonete, também fervilha de assuntos que prometem boas "brigas" futuras.
Mas um assunto vem tomando conta das paradas diárias dos passantes, sejam eles trirrienses, sul-paraibanos, gasparienses ou até mesmo arealenses: as eleições municipais na região. Quem será o candidato do fulano de tal? Será que o atual prefeito emplaca mais um mandato na cidade tal? "Eu aposto que teremos caras novas no legislativo", apontam outros mais polêmicos. "O eleitor trirriense é machista e não elege mulheres para o legislativo", afirma uma mulher que passa e para em defesa do lado feminino na política.
Algumas discussões saem da banca para o bar mais próximo, que oferece cadeiras e mesas a quem quiser discutir o assunto que começa a tomar rumos em toda a região. Mas, se pensarmos que a eleição ainda tem uma longa caminhada até o dia 3 de outubro, vale lembrar que o tempo tem passado rápido e as discussões acaloradas vão se esquentando ainda mais; por ora, ainda, em bate-papos pacíficos. Mas quando a coisa começar a ferver e a imprensa e as redes sociais tornarem o assunto "política" mais frequente, aí realmente estaremos às portas do pleito que promete ser bastante disputado. Até lá, teremos polêmicas de sobra para as pautas improvisadas das bocas malditas trirrienses.

Por Redação

Crédito da Foto: Reprodução Google

Publicidade