Chuva de granizo em Paraíba do Sul

Ninguém ficou ferido e até o fechamento dessa edição ainda não havia sido divulgado pelo poder público a relação dos prejuízos

Paraíba do Sul - (Cotidiano) - Quarta, 04 de Setembro de 2019.

Chuva de granizo em Paraíba do Sul

Os sul-paraibanos foram surpreendidos na tarde de ontem (3) com uma forte chuva de granizo que deixou as ruas de Paraíba do Sul cobertas de gelo e logo em seguida alagadas. A maioria dos registros divulgados por internautas nas redes sociais foram de imagens do centro da cidade.

De acordo com Defesa Civil a chuva de granizo durou aproximadamente cinco minutos e segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), choveu 6,89 mm em quatro horas.

No site do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) o alerta era amarelo, o que indica chuvas intensas e era previsto chuva para Paraíba do Sul entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h).

Foram registradas quedas de árvores e o muro de casa que fica na Rua Guarapari, Nicaragua desabou, outra na Estrada da Barrinha ficou destelhada, houve queda de luz e interrupção do serviço de internet.

Até o fechamento dessa edição ainda não havia sido divulgado pelo poder público a relação dos prejuízos causados pela chuva de granizo. Ninguém se feriu e a assessoria do governo municipal informou apenas que estavam atendendo as ocorrências e dando suporte a população.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para verificar o local do caso do destelhamento da casa que abrigava cinco moradores, sendo dois adultos e três crianças.

Em Três Rios a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) era a mesma que a de Paraíba do Sul, ocorreram ventos fortes, falta de energia elétrica e choveu pouco sem registros de granizo. O Corpo de Bombeiros foi chamado para oito eventos com pessoas presas em elevadores.


Lembre-se

- Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda)

- Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada

- Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET)
 

Por Aline Carius

Publicidade
B03 - 300x250