Detran.RJ lança a campanha Maio Amarelo 2019

Estado do Rio - (Cotidiano) - Quarta, 01 de Maio de 2019.

Detran.RJ lança a campanha Maio Amarelo 2019

Com o slogan “No trânsito, o sentido é a vida”, o Detran.RJ lança a campanha Maio Amarelo 2019. Várias ações de conscientização voltadas para o comportamento dos pedestres estão programadas para este mês: campanha nas redes sociais e nas ruas, palestras, caminhada, pedalada e iluminação de prédios públicos e pontos turísticos, incluindo o Cristo Redentor e o Maracanã.
O Movimento Maio Amarelo surgiu com a proposta de alertar a sociedade para o alto índice de mortos e feridos em acidentes de trânsito. Apesar do número de acidentes de trânsito com vítimas e da quantidade de feridos e mortos terem caído em 2018 no Estado do Rio de Janeiro, 39% desses mortos foram atropelados.
As estatísticas elaboradas pelo Detran.RJ, com base em registros da Polícia Civil, mostram que no ano passado houve 20.241 acidentes com vítimas, contra 20.535 em 2017. Já o total de vítimas caiu 9,52%, de 31.006 para 28.053, dos quais 26.128 feridos e 1.925 mortos.
Os números mostram que a maioria das vítimas continua sendo homens (66,45%). Os jovens de 18 a 29 anos (28,60%) e os adultos de 30 a 39 anos (20,36%) foram as faixas etárias mais vulneráveis.

Transite seguro

Para alertar sobre os índices de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, durante todas as noites de maio a sede do Detran.RJ, na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio, será iluminada de amarelo - uma alusão ao sinal de advertência dos semáforos. Outros prédios públicos, como o Palácio Guanabara e o Tribunal de Justiça, também receberão iluminação.
Mensagens de conscientização alertarão a população no Facebook, Instagram, Twitter e Youtube e campanhas virtuais serão enviadas a empresas, escolas e centros de formação de condutores para que possam divulgar em suas redes sociais e sites.
Agentes da Coordenadoria de Educação levarão mensagens para vias com alto índice de atropelamento. Será a Operação Transite Seguro, abordando os pedestres e mostrando a importância da adoção de atitudes seguras e preventivas no trânsito, como atravessar a via na faixa de pedestre, passarelas e passagens subterrâneas; respeitar a sinalização e andar na calçada; atender ou mandar mensagens pelo celular somente em local seguro; não utilizar fones de ouvidos ao atravessar ruas, entre outros.
A Operação Transite Seguro acontecerá em vias de grande fluxo, inclusive em quatro das mais perigosas da cidade: Avenida Presidente Vargas, Avenida das Américas, Avenida Dom Hélder Câmara e Estrada do Galeão. A mais perigosa de todas continua a ser a Avenida Brasil.
Além disso, o departamento realizará ações já tradicionais, como capacitação de professores e palestras em escolas e empresas. Em parceria com outros órgãos, o Detran participará da Caminhada da Paz, no dia 19 de maio, em Copacabana, e da Pedalada da Paz, no dia 26 de maio, no Parque de Madureira. Nesses dias haverá atividades para crianças, como pintura, jogo de tabuleiro humano e distribuição de brindes educativos, como fitas métricas e quebra cabeças
No dia 14 de maio, Detran e Hemorio farão uma ação conjunta na sede do departamento. Uma equipe da coleta externa do hemocentro convocará servidores a doar sangue, alertando para a importância da doação no atendimento a vítimas de acidentes de trânsito.

Números nos municípios

Os dados levantados pelo Detran.RJ mostram que, no ano passado, a capital fluminense teve o maior número de vítimas do Estado, com 43,45% do total, ou 12.189 pessoas. A seguir, vieram São Gonçalo, com 1.710; Niterói, com 1.504; Nova Iguaçu, com 1.240; e Duque de Caxias, com 1.159, todos municípios da Região Metropolitana.

Nas demais regiões do Estado, as cidades que registraram maior número de vítimas em acidentes de trânsito foram Três Rios e Vassouras, no Centro Fluminense; Araruama e Cabo Frio, na Região dos Lagos; Itaperuna e Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense; Campos dos Goytacazes e Macaé, no Norte Fluminense; Volta Redonda e Barra Mansa, no Médio Paraíba; Petrópolis e Teresópolis, na Região Serrana; e Angra dos Reis e Paraty, no Sul Fluminense. Assessoria de Comunicação Detran.RJ

Por Redação

Crédito da Foto: Imagem ilustrativa

Publicidade
1200x628jpg
B03 - 300x250