Empresas da Região Centro Sul recebem diagnóstico de desempenho em Programa de Capacitação de Fornec

Evento que reuniu empresários de vários segmentos de mercado e autoridades locais teve como objetivo favorecer o ambiente de negócios na região capaci

Região - (Cotidiano) - Quinta, 13 de Dezembro de 2018.

Empresas da Região Centro Sul recebem diagnóstico de desempenho em Programa de Capacitação de Fornec

Com o objetivo de ajudar empresários da Região Centro Sul a aproveitarem as oportunidades de negócios geradas pelas demandas das empresas de grande porte do Polo Industrial de Três Rios, é que o Sebrae Rio, com o apoio da Federação das Indústrias do Estado do Rio de janeiro (Firjan) e Prefeitura Municipal realizaram no fim da tarde desta terça-feira (11), Encontro Empresarial para entrega dos resultados do diagnóstico de desempenho e plano de trabalho do “Projeto de Encadeamento Produtivo Multi-Âncora”.
O evento, que aconteceu no Hotel Intercity, no Centro de Três Rios, contou com a presença de empresários da região que participam diretamente da capacitação, além de representantes dos mais variados segmentos de mercado (comércio, serviço e indústria), entidades representativas, instituições de renome e poder público. O prefeito de Três Rios, Josimar Salles, e o secretário municipal de Indústria e Comércio, Ricardo Rocha, estiveram presentes.Também participaram o coordenador regional do Sebrae Rio, Jorge Pinho e o presidente da Firjan, Alceir Correia.
De acordo com Jorge Pinho, coordenador regional do Sebrae Rio, o programa é muito importante para a economia local, pois promove a possibilidade de intercâmbio comercial entre grandes empresas do Polo Industrial de Três Rios com pequenas empresas da região por meio de um programa de capacitação que inclui oficinas coletivas e consultorias específicas aos participantes. “Através do projeto de Encadeamento Produtivo Multi-âncora, mostramos às empresas da região que é possível avançar e desenvolver suas atividades comerciais por meio de capacitação. Somente com conhecimento é que é possível fortalecer os negócios, ainda mais em se tratando de um mercado cada vez mais competitivo. Quem aderiu ao programa terá, a partir de agora, mais condições de alcançar o sucesso nos negócios, pois está municiado de informações que ajudarão a se tornar um bom fornecedor não só das grandes empresas que atuam em nosso Polo Industrial, mas para o mercado de forma mais abrangente”, destacou.
Segundo o prefeito de Três Rios, Josimar Salles, a cidade está vivendo um momento importante no que diz respeito ao crescimento das atividades econômicas na região. “Estamos recebendo várias empresas que estão se instalando no município em razão do trabalho realizado pela administração pública para tornar nossa cidade cada vez mais atraente aos negócios. Isso inclui tanto as indústrias quanto o comércio, que recentemente teve uma empresa do segmento varejista que criou mais de 300 novas vagas de emprego direto. Por isso é importante que tenhamos empresas locais cada vez mais qualificadas e preparadas para fornecer produtos e serviços. Posso afirmar que apesar do momento de dificuldade econômica que o estado atravessa é um momento promissor para Três Rios, que tem se engajado em apoiar projetos como esse, que fortalecem as empresas da região e contribuem para nosso desenvolvimento econômico”.

O programa

O “Projeto Encadeamento Produtivo Multi-Âncora”, que promove a capacitação e o desenvolvimento de fornecedores, foi criado a partir da mobilização do Sebrae Rio e Firjan em colocar frente à frente, empresas locais de vários setores de mercado e as grandes empresas com atuação no Polo Industrial de Três Rios, para criar um ambiente favorável a novos negócios, possibilitando o desenvolvimento das atividades econômicas na região.
Para tanto, foi necessário fazer a identificação das empresas com perfil e interesse em participar do projeto, a fim de promover o desenvolvimento de suas atividades, desde que estivessem capacitadas a atenderem às demandas e especificações das grandes empresas do Polo Industrial de Três Rios. A capacitação das empresas levou em consideração os critérios de excelência da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ).O projeto também é constituído por instrutorias e consultorias personalizadas para as empresas participantes.

Vantagens

Os diagnósticos apresentados às empresas participantes do “Projeto de Encadeamento Produtivo Multi-Âncora” são constituídos de um modelo sistêmico de gestão adotado por inúmeras organizações de Classe Mundial.
Com isso, as empresas reconhecem seu cenário atual e passam a ter maior possibilidade de atender adequadamente as demandas e as especificações de grandes empresas, o que as torna diferenciadas em relação à concorrência.
O programa também tem como objetivo promover o desenvolvimento das empresas nas áreas de Gestão Operacional, Financeira, Pessoas, Documental e Índice de Desempenho.
Além disso, as empresas que participam do programa serão constantemente informadas e atualizadas quanto a realização de feiras e eventos, com o objetivo de proporcionar a elas maior acesso às oportunidades de mercado.
Para o coordenador regional do Sebrae Rio, Jorge Pinho, as expectativas de 2019 para as empresas que participam do programa são as mais positivas possíveis em razão dos resultados já obtidos no projeto de encadeamento produtivo do setor plástico. “Acredito que iremos celebrar ótimos resultados em virtude das ações previstas ao longo de 2019 para essas empresas, que não estão participando apenas de um programa de capacitação, mas também de consultoria e muito trabalho de prospecção de mercado. Queremos aproximaras pequenas empresas do setor de compras das organizações e organizar vários encontros de negócios ao longo do ano. Também iremos levar as empresa para os melhores eventos de encontros tecnológicos, para possibilitar a busca por inovação, tornando as empresas mais competitivas”.
Após a apresentação do diagnóstico e do plano de trabalho às empresas participantes as empresas vão iniciar suas atividades dentro do “Projeto Encadeamento Produtivo Multi-Âncora”, no dia 31 de janeiro.

Empresas que aderiram ao projeto

FJLB –Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho;
Ecomaster Rio – Indústria e Comércio de Plásticos Ltda;
Baroncini – Consultoria e Treinamento Ltda;
Consultoria Celso Jacob;
Comac3 Rios – Máquinas e Equipamentos para Escritórios Ltda–ME;
R-TEC Reciclagem ;
F.E.B. Leal – Comércio de Produtos de Metal e Materiais de Saneamento;
CAF- Usinagem e Serviços Ltda;
Dois Amigos – Restaurantes e Comércio de Alimentos Ltda;
Acesso tecnológico;
Fuskauto- Oficina e Autopeças
Dexakeulavo – Lavanderia e Serviços Ltda-ME;
Avana Indústria Química;
M.Hummel Comunicação – ME;
Sudeste uniformes – Comércio e Confecção Ltda;
Quimiplast Rio;
Zigal Materiais Elétricos;
Proteger – Segurança Digital e Comércio de Equipamentos Ltda;
Dom Pedro – Padaria e Confeitaria;
Celefrutas – Comércio de Alimentos Trirriense Ltda.
Deltiza Delmonte Detetização Ltda





Por Redação

Publicidade
728x90
3 Tenis 189