Governador firma compromisso para incentivar turismo no estado

Estado do Rio - (Cotidiano) - Quarta, 02 de Outubro de 2019.

Governador firma compromisso para incentivar turismo no estado

Uma carta de intenções foi assinada, nesta terça-feira (1º), entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, e o trade turístico fluminense para a criação de um banco de diárias para captação de eventos para o estado do Rio, entre outras medidas. Além de descontos nas diárias dos hotéis, a proposta inclui promoções em pontos turísticos, restaurantes e bares para participantes de congressos, feiras e seminários com o objetivo de aquecer o turismo na capital e no interior.
O governador Wilson Witzel participou da cerimônia, que aconteceu num hotel na Zona Sul do Rio, e falou sobre outras medidas para alavancar o segmento, como o stopover, possibilidade de, numa mesma viagem, o turista usufruir de alguns dias na cidade de conexão do seu destino final.
"Estamos empenhados em fazer do turismo algo impressionante para o Rio e para o Brasil. O stopover é uma modalidade importante, com a participação do trade hoteleiro, turístico. A pessoa vai vir para cá antes de ir para outro lugar. Ela fica três dias no Rio e pode aproveitar aquilo que o estado oferece de bom para o turista. Estou trabalhando isso com a TAP, com a Fly Emirates. Acredito que o Rio de Janeiro consiga, até o final de 2022, estar com o dobro de turistas. Hoje recebemos 1,5 milhão de turistas estrangeiros, mas nós esperamos chegar a 3 milhões até o final de 2022", afirmou o governador.
Segundo o secretário de Estado de Turismo, Otavio Leite, além destas medidas, o Governo do Rio está trabalhando para reduzir o preço do querosene para as empresas aéreas e no reforço da divulgação do estado por meio de material publicitário, cujo investimento deve chegar a R$ 20 milhões.
"O Governo do Estado também está concluindo a edição de uma regra importante que vai baratear o querosene da aviação, com a redução do ICMS que incide sobre o QAV. Estas medidas conjugadas ao lado de uma campanha de promoção, entre outras ações, vão fazer com que o Rio de Janeiro receba mais turistas nacionais e estrangeiros. O estado fará um esforço fiscal, ao mesmo tempo a hotelaria vai oferecer espaços ociosos de seus quartos criando um banco de diárias para a captação de eventos, cuja a carta de intenções foi chamada de 'carta de Copacabana' ", explicou o secretário.
Participaram do encontro dirigentes das principais entidades de turismo do Estado do Rio como Alfredo Lopes, da Abih-RJ (Associação de Hotéis do Rio de Janeiro); Sônia Chami, do Rio Convention Bureau; Fatima Faccuri, representando a regional Abeoc-RJ (Associação Brasileira de Empresas de Eventos); Cristina Fritsch, Abav-RJ (Associação Brasileira de Agências de Viagens do RJ), e Pedro Guimarães, Apresenta Rio.
"O turismo de eventos e negócios representa R$ 209,2 bilhões de faturamento total, representando R$ 48,7 bilhões de impostos no país. Precisamos que os hotéis apresentem incentivos, já que simpósios, congressos e feiras acontecem frequentemente. Parabenizo a iniciativa do Governo do Estado. Esta é a terceira reunião que nosso trade está presente", destacou Fatima Faccuri, representante da regional Abeoc-RJ (Associação Brasileira de Empresas de Eventos).
Também estiveram presentes na cerimônia os secretários de Fazenda, Luiz Claudio Rodrigues de Carvalho, e de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues. Por Julia de Brito/ Ascom RJ

Por Redação

Crédito da Foto: Philippe Lima

Publicidade
1200x628jpg
B03 - 300x250