Homem morre durante queda de barranco no Cariri

Temporal em Três Rios gera transtornos à população

Três Rios - (Cotidiano) - Quinta, 12 de Dezembro de 2019.

Homem morre durante queda de barranco no Cariri Trecho onde o barranco caiu atingindo a residência no Cariri

Devido ao forte temporal, um homem acabou morrendo após um barranco deslizar e atingir a casa em que morava durante na madrugada desta quarta-feira (11) na Rua Amazonas, no bairro Cariri. O trecho da via já apresentava problemas há bastante tempo com rachaduras no asfalto, o que pode ser visto através do Google em imagem capturada em 2012.
Segundo a Defesa Civil, a vítima dormia na varanda quando o barranco, que fica nos fundos da casa, deslizou e atingiu a residência. O homem chegou a ser socorrido pelos vizinhos e encaminhado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, mas não resistiu e morreu.
A casa foi interditada pela Defesa Civil. Uma equipe de promoção social da Prefeitura de Três Rios levou a família para uma outra residência na mesma rua.
Outras duas ocorrências foram registradas em Três Rios por causa do temporal que atingiu a cidade durante a madrugada. Ainda segundo a Defesa Civil, os muros de duas casas caíram: uma no bairro Vila Isabel e outra no bairro Triângulo. Nos dois casos, ninguém ficou ferido.


ONG Patinha Amiga é atingida e pede ajuda da população

Devido à forte chuva na madrugada desta terça-feira (10) o Canil Municipal Maria José Dottori Maciel ficou alagado, muitos cães fugiram molhados e o local ficou coberto por lama. Diante do ocorrido, a equipe da ONG Patinha Amiga pede a colaboração de trabalho voluntário, materiais de limpeza, panos e ração.
A ONG atualmente cuida de cerca de 500 animais, que retira das ruas e medica, oferecendo carinho, proteção e cuidados especiais. A entidade contava com cerca 130 voluntários, além de lojas parceiras. Com um gasto de 4,5 toneladas de ração por mês e uma ajuda de uma tonelada doada pela prefeitura, a ONG reforça que toda ajuda é bem-vinda.
A maior parte dos animais fica no abrigo uma vez que o canil da ONG sofreu também com um desabamento, em 2016, por causa de uma forte chuva.
Para ajudar entre em contato com a responsável pela ONG, Ana Carolina Junqueira ou deixa a doação nos pontos de apoio, nas lojas: Oz, Pet Vip e 4 Patas.

NOTA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS RIOS

As equipes das secretarias de Defesa Civil, Obras e Serviços Públicos estão desde a madrugada desta quarta-feira (11) atendendo diversos pontos da cidade atingidos pela chuva. Até o momento, três ocorrências já foram registradas e mais seis vistorias ainda serão feitas em outros locais de risco.
Na Rua Amazonas, no Cariri, houve uma vítima fatal devido deslizamento de terra que atingiu os fundos de um imóvel e mais cinco pessoas ficaram desabrigadas. Outros três imóveis foram interditados e a rua foi bloqueada para trânsito de veículos pesados. A Secretaria de Promoção Social vai inserir em aluguel social as famílias que ficaram desabrigadas e está assistindo as famílias.
As equipes também estiveram na Rua Virgulino Francisco Alves, no Palmital, onde detectaram risco de desabamento de muro gerando ameaça para o morador que foi encaminhado para residência de parentes até que sejam executadas obras de reestruturação sob supervisão de profissional habilitado.
Outro local atingido pela chuva foi a Rua Dorvalino Monsores, no Triângulo, onde foi registrado alagamento e desabamento parcial de muro. Não houve vítimas. Os moradores que residem em áreas com ameaça de desastres estão sendo atendidos e direcionados para locais seguros pela equipe da Promoção Social.
As equipes da Prefeitura também trabalham no Canil Municipal retirando a terra que desabou do barranco localizado aos fundos do canil e irá impermeabilizar o telhado para evitar danos causados pela chuva.
De acordo com o subsecretário de Defesa Civil, Arymar Magalhães, "a população deve manter o estado de atenção, principalmente quem mora em área de risco. Para hoje ainda há uma grande quantidade de chuva prevista, cerca de 45mm, sendo que o solo já está úmido, o que aumenta os riscos".
Caso a população identifique a possibilidade de desastres,deve entrar em contato com 193, do Corpo de Bombeiros, ou com os números 2220-2408 e 199, da Defesa Civil.

Por Redação

Crédito da Foto: Reprodução Facebook

Publicidade
728x90
4 itens por 199