Liesa define ordem do desfile hoje e Witzel confirma que governo do estado assumirá Sambódromo

Estado do Rio - (Entretenimento) - Quinta, 18 de Julho de 2019.

Liesa define ordem do desfile hoje e Witzel confirma que governo do estado assumirá Sambódromo

Após a recente polêmica em que a Imperatriz Leopoldinense (13º lugar) não seria rebaixada, a terceira virada de mesa acabou não se concretizando e a escola do bairro de Ramos vai desfilar na Série A em 2020, junto com o Império Serrano (14º lugar), também rebaixado.

Dessa forma, o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, voltou atrás e reassumiu o cargo, após declarar que estaria deixando a entidade. Mesmo após sucessivos desacordos com o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, a paz reina no carnaval carioca e hoje será definida a ordem do desfile do Grupo Especial para o Carnaval 2020. Ao contrário dos anos anteriores, sem festa e na sede da Liesa.

A fórmula será a mesma adotada ano passado. A Estácio de Sá, campeã da Série A esse ano, vai abrir o domingo (23 de fevereiro), enquanto que a São Clemente (12º lugar), abrirá a segunda-feira (24 de fevereiro). Todas as demais irão a sorteio, independente de ter sido campeã ou vice e sem a formação de pares.

Em reunião com o prefeito do Rio Marcelo Crivella na última terça-feira (16), o governador Wilson Witzel declarou à imprensa que o Sambódromo da Marquês de Sapucaí, passa a ser comandado pelo Governo do Estado do RJ. As palavras do governador revelam sua empolgação com o resultado do encontro e a reforma em torno de R$ 10 milhões foi prometida para transformar a Passarela do Samba em um centro cultural, com atividades o ano inteiro.


Enredos definidos

Das 13 escolas de samba que estarão desfilando em 2020 pelo Grupo Especial, 10 definiram seus enredos, confira:

Mocidade Ind. de Padre Miguel - "Elza Deusa Soares"; carnavalesco Jack Vasconcelos

Paraíso do Tuiuti - "O Santo e o Rei: Encantarias de Sebastião"; carnavalesco João Vitor Araújo

Unidos do Viradouro - "Viradouro de alma lavada"; carnavalescos Marcus Ferreira e Tarcísio Zanon

Beija-Flor - "Se essa rua fosse minha..."; carnavalescos Alexandre Louzada e Cid Carvalho

Acadêmicos do Salgueiro - " O rei negro do picadeiro"; carnavalesco Alex de Souza

Acadêmicos do Grande Rio - "Tata Londirá: o Canto do Caboclo no Quilombo de Caxias"; carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora

Unidos de Vila Isabel - "Gigante pela própria natureza: Jaçanã e um índio chamado Brasil"; carnavalesco Edson Pereira

São Clemente - "O conto do vigário"; Jorge Luiz Silveira

Unidos da Tijuca - enredo sobre arquitetura e urbanismo sem título definido; carnavalesco Paulo Barros

Mangueira - "A verdade vos fará livre"; carnavalesco Leandro Vieira

Estácio de Sá, com a carnavalesca Rosa Magalhães, Portela com a dupla Renato Lage e Márcia Lage, e União da Ilha com Laíla e Fran Sérgio, não anunciaram seus enredos.

Por Redação

Publicidade
4 itens por 199
B03 - 300x250