Liest divulga justificativas dos jurados para o Grupo A

Três Rios - (Entretenimento) - Quinta, 14 de Março de 2019.

Liest divulga justificativas dos jurados para o Grupo A

Confira as justificativas das notas dos jurados para o Grupo A das escolas de samba, no Carnaval 2019 de Três Rios

Na edição desta quinta-feira (14), o ENTRE-RIOS JORNAL publica as justificativas das notas dadas pelos jurados para as quatro escolas de samba que desfilaram no domingo (3 de março), na Avenida Condessa do Rio Novo, na ordem Sonhos de Mixyricka, Mocidade Independente de Vila Isabel, Bom das Bocas e Bambas do Ritmo. As justificativas dadas são pra notas abaixo de 10 (dez).
A ordem dos quesitos é a ordem de apuração dos mesmos, conforme sorteio realizado pela Liest (Liga Independente das Escolas de Samba Trirrienses) junto aos representantes das escolas de samba antes da apuração realizada no dia 7 de março (quinta-feira), às 15h, no salão do Entrerriense Futebol Clube, no Centro de Três Rios.

QUESITO: FANTASIA – MÓDULO 01
JURADA: BARBARA CAMPELO DA SILVA
GRES SONHOS DE MIXYRICKA 9,8
Integrantes de 02 (duas) alas (05 e 06) apresentaram-se descalços, quando a fantasia dos demais estavam com sapatilhas brancas. (-0,1)
Componente da Ala 08 (oito) apresentou-se de tênis, destoando dos demais componentes que trajavam sapatilhas brancas. (-0,1)
GRES MOCIDADE INDEPENDENTE DE VILA ISABEL 10,0
GRES BOM DAS BOCAS 9,9
A Ala 10 – Crianças – 02 (dois) componentes se apresentaram com calçados diferentes dos demais componentes. (-0,1)
GRES BAMBAS DO RITMO 10,0

QUESITO: FANTASIA – MÓDULO 03
JURADA: RAQUEL DE AZEREDO FONTOURA
GRES SONHOS DE MIXYRICKA 9,9
01 (um) componente da Ala 04 – Comunidade “A Esperança do meu Quintal”, despencou um (01) adereço de cabeça. (-0,1)
GRES MOCIDADE INDEPENDENTE DE VILA ISABEL 10,0
GRES BOM DAS BOCAS 10,0
GRES BAMBAS DO RITMO 10,0

QUESITO: BATERIA – MÓDULO 03
JURADO: LUIZ HENRIQUE DA SILVA
GRES SONHOS DE MIXYRICKA 9,9
Falta de precisão no toque das caixas de guerra causando o desencontro rítmico com a Ala de Chocalhos. (-0,1)
GRES MOCIDADE INDEPENDENTE DE VILA ISABEL 10,0
GRES BOM DAS BOCAS 10,0
GRES BAMBAS DO RITMO 10,0

QUESITO: BATERIA – MÓDULO 05
JURADO: JOSÉ CARLOS DA S. GOMES
GRES SONHOS DE MIXYRICKA 9,8
Faltou cadência rítmica dos tamborins e caixas. (-0,2)
GRES MOCIDADE INDEPENDENTE DE VILA ISABEL 10,0
GRES BOM DAS BOCAS 10,0
GRES BAMBAS DO RITMO 10,0

QUESITO: HARMONIA – MÓDULO 02
JURADO: RODRIGO ROCHA
GRES Sonhos de Mixyricka 9,7
Faltou sincronia entre os interpretes. A escola como um todo não cantou o samba. (- 0,3)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 10
GRES Bom das Bocas 9,9
O canto dos componentes oscilava na totalidade apenas exploravam os refrões. (- 0,1)
GRES Bambas do Ritmo 10

QUESITO: HARMONIA – MÓDULO 04
JURADA: TATHIANE CRISTINA QUEIROZ DE AZEVEDO
GRES Sonhos de Mixyricka 9,9
A escola apresentou deficiência no canto em sua totalidade; a maioria dos componentes desfilou sem cantar o samba; além do mais, a palavra “apaixonante” foi cantada de maneira “embolada” pelos 2 intérpretes oficiais da agremiação (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 10
GRES Bom das Bocas 10
GRES Bambas do Ritmo 10

QUESITO: COMISSÃO DE FRENTE – MÓDULO 02
JURADO: CARLOS ROBERTO DA SILVA CUNHA
GRES Sonhos de Mixyricka 9,9
Desenhos coreográficos sem formas, um pouco confuso, havendo uma discordância na simetria em determinados intervalos e/ou perfilados (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 10
GRES Bom das Bocas 10
GRES Bambas do Ritmo 10

QUESITO: COMISSÃO DE FRENTE – MÓDULO 04
JURADO: MACIEL DIAS DO NASCIMENTO
GRES Sonhos de Mixyricka 9,9
Coreografia sem sincronismo (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 10
GRES Bom das Bocas 10
GRES Bambas do Ritmo 10

QUESITO: MESTRE- SALA E PORTA- BANDEIRA – MÓDULO 03
JURADA: CASSIANNE FIGUEIRÊDO RAMOS
GRES SONHOS DE MIXYRICKA 9,9
Mestre Sala se apresentou sem a perneira direita. (-0,1)
GRES MOCIDADE INDEPENDENTE DE VILA ISABEL 10,0
GRES BOM DAS BOCAS 9,8
A indumentária da Porta Bandeira estava aberta nas costas. (-0,1)
A anágua da Porta Bandeira estava aparecendo e arrastando no chão, com isso a Porta Bandeira pisou na anágua em frente ao módulo julgador quase caindo (-0,1)
GRES BAMBAS DO RITMO 10,0

QUESITO: MESTRE- SALA E PORTA- BANDEIRA – MÓDULO 05
JURADA: PATRICIA HELENA RODRIGUES DE FIGUEIREDO
GRES SONHOS DE MIXYRICKA 9,9
Faltou sincronismo ao casal. (-0,1)
GRES MOCIDADE INDEPENDENTE DE VILA ISABEL 10,0
GRES BOM DAS BOCAS 9,8
A indumentária da Porta Bandeira apresentava falhas no acabamento: estava aberta na parte de trás. (-0,1)
A anágua da Porta Bandeira estava aparecendo. (-0,1)
GRES BAMBAS DO RITMO 10,0

QUESITO: EVOLUÇÃO – MÓDULO 02
JURADO: CELIO DOS SANTOS LEAL
GRES Sonhos de Mixyricka 9,9
Agremiação no momento da apresentação na segunda cabine julgadora, não apresentou empolgação e vibração dos desfilantes (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 10
GRES Bom das Bocas 9,9
Na quarta alegoria ocorreu um espaçamento além do normal entre o muso da agremiação (- 0,1)
GRES Bambas do Ritmo 10

QUESITO: EVOLUÇÃO – MÓDULO 05
JURADO: MARCIO LETIERI LINARES
GRES Sonhos de Mixyricka 9,7
Integrante da ala 4, passou por dentro da ala 03 (- 0,1)
Integrante da ala 6, correu na hora do recuo da bateria (- 0,1)
Alegoria 03 adernou para esquerda em excesso quase atingindo a área de recuo da bateria e voltou muito a direita ficando atravessado, aguardando a ala adiantar p/ endireitar a alegoria (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 9,7
2º destaque saiu para lateral para arrumar calçado e se embolou com as passistas aguardando o recuo da bateria (- 0,1)
Ala 05 (passistas) e ala 06 correram para tampar o recuo da bateria, não havendo o término do recuo dos ritmistas (- 0,1)
Ala 10 último integrante da ala no lado esquerdo saiu para pegar jarro de flores e abraçar diretores ao lado do recuo alinhou com 3º destaque (- 0,1)
GRES Bom das Bocas 9,8
Tripé com o nome da agremiação puxava para a direita distorcendo a evolução da alegoria 1 (- 0,1)
Diminuiu a evolução das alas posterior a alegoria 3, devido a bateria não ter realizado o recuo. (- 0,1)
GRES Bambas do Ritmo 9,9
Integrante da ala 7 invadiu a ala das passistas e foi puxado pelo diretor da ala (- 0,1)

QUESITO: ALEGORIAS E ADEREÇOS – MÓDULO 01
JURADO: RICKSON MEIRELLES BARCELOS
GRES Sonhos de Mixyricka 9,9
Rachadura no braço esquerdo do boneco e asas da arara danificadas. (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 9,8
- Iluminação do 1º carro desligada (- 0,1)
- Rasgo no forro dianteiro do último carro e acabamento em madeira solto. (- 0,1)
GRES Bom das Bocas 9,7
- Ferramentas (objeto que deveria estar nas mãos, conforme sugerido) faltando na mão do boneco do 1º carro. (- 0,1)
- Iluminação 1º e 3º carro desligada (- 0,1)
- Rasgos no tecido envolvendo o boi e pintura da máscara frontal esquerda danificada (- 0,1)
GRES Bambas do Ritmo 10

QUESITO: ALEGORIAS E ADEREÇOS – MÓDULO 04
JURADA: CLAUDIA FACCINI COSTA
GRES Sonhos de Mixyricka 9,9
Carro Abre Alas, 2º e 3º carros (ambos mereciam mais atenção e capricho nas finalizações das alegorias e adereços, pinturas gastas, arranjos soltando na parte traseira do lado direito do 3º carro. (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 10
GRES Bom das Bocas 9,8
Carro Abre Alas: tecido amarelo “despencando” na lateral do lado direito no meio do carro, com uma abertura aparente e caindo. Flores amarelas despencando na parte inferior do carro no lado direito. (- 0,1)
4º carro: acabamento soltando na parte superior do “Boi Preto”, completamente aparente onde deveria ter acabamento no dorso do boi. Adereços despencando na lateral inferior do carro no lado direito. (- 0,1)
GRES Bambas do Ritmo 9,9
Carro Abre Alas: braço esquerdo da escultura traseira do lado direito do carro (quebrado), aparecendo o isopor partido (- 0,1)

QUESITO: SAMBA ENREDO – MÓDULO 02
JURADO: WILLIAM SANTOS DA SILVA
GRES Sonhos de Mixyricka 9,7
LETRA: Pouca adaptação da letra à melodia do samba (- 0,1)
MELODIA: Melodia com pouca riqueza melódica dificultando o canto (- 0,2)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 10
GRES Bom das Bocas 9,9
LETRA: No trecho “Tués bom das bocas” “tal qual as águas que caem do céu” o mesmo é de difícil compreensão, sentido. (- 0,1)
GRES Bambas do Ritmo 9,9
LETRA: O uso da expressão “há” em excesso na letra do samba (- 0,1)

QUESITO: SAMBA ENREDO – MÓDULO 05
JURADO: ROBERTO DORIA DE A. JUNIOR
GRES Sonhos de Mixyricka 9,7
Pouca riqueza melódica e falta de variações prejudicam o desenvolvimento do samba, bem como o canto e dança da escola (- 0,1)
Falta coesão entre melodia e letra prejudica a clareza e o entendimento do samba (- 0,1)
A ausência de refrão do meio (bis) não foi suprida pela construção métrica do samba (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 9,9
Bis após refrão principal causa excesso de repetição do trecho “Mãe preta chamou”, fazendo com que o samba perca a fluidez melódica e métrica da canção (- 0,1)
GRES Bom das Bocas 10
GRES Bambas do Ritmo 9,8
Passagem melódica da primeira do samba para o refrão do meio não ajuda na manutenção melódica do samba. (- 0,1)
Refrão principal com letra pouco criativa e sem riqueza poética (- 0,1)

QUESITO: ENREDO - MÓDULO 01
JURADO: MÁRIO MARCIO SANTOS QUEIROZ
GRES Sonhos de Mixyricka 9,9
Houve a inserção de 01 (uma) ala entre as ala 07 – comunidade/capoeira de roda e ala 8 – baiana / Nossa Senhora do Pantanal. Não identificada na sinopse da escola. (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 10
GRES Bom das Bocas 10
GRES Bambas do Ritmo 10

QUESITO: ENREDO – MÓDULO 03
JURADA: ADRIANA BILATE
GRES Sonhos de Mixyricka 9,7
Em relação ao ponto de balizamento “Roteiro”, destaca-se duas ocorrências, a saber:
- Entre a alegoria 2 e a bateria só foram apresentadas duas alas quando, segundo material entregue pela escola, deveriam ser 03 alas (alas 5, 6 e 7) (- 0,1)
- Inversão de ala, pois a ala 09 desfilou e se apresentou entre a alegoria 02 e a ala 07. (- 0,1)
- Em relação ao ponto de balizamento “Aproveitamento”, destaca-se que os elementos visuais/plásticos em sua totalidade, assim como a própria narrativa contada através de todo o desfile, em sua sequência própria, não permitiu a fácil leitura e compreensão das obras de Manoel de Barros e de que o enredo também trata-se de uma homenagem a esse poeta (conforme descrito na justificativa) (- 0,1)
GRES Mocidade Independente de Vila Isabel 10
GRES Bom das Bocas 9,9
Ausência da ala nº 02, o que caracteriza desrespeito ao roteiro proposto pela escola, levando a um desconto no ponto. (- 0,1)
GRES Bambas do Ritmo 9,9
Inversão das alas 01 e 02, o quê refere-se ao ponto de balizamento “Roteiro” que, assim, portanto, ficou comprometido (pelo desacordo com a organização prevista dos elementos do desfile, que foi entregue pela escola) (- 0,1)

Por Redação

Crédito da Foto: Jonair de Christo

Publicidade

Mais notícias:

4 itens por 199
3 Tenis 189