Mesmo com chuva, público prestigia desfile das campeãs em Três Rios

Três Rios - (Entretenimento) - Terça, 03 de Março de 2020 às 07:00 horas.

  Mesmo com chuva, público prestigia desfile das campeãs em Três Rios

Na noite do último sábado (29), a Avenida Condessa do Rio Novo recebeu o desfile das escolas de samba campeãs do carnaval 2020, em Três Rios. Com atraso de mais de uma hora em relação ao horário previsto para o início das apresentações, que começariam às 22h, Mocidade Independente de Vila Isabel e Bambas do Ritmo, agremiação vencedora, se apresentaram para o público, que encheu as arquibancadas da avenida mesmo debaixo de chuva.
Vice-campeã, a Mocidade da Vila abriu o desfile com o enredo "Abracadabra: Mistérios e Magias das Crendices Populares!", dos carnavalescos Lucas Almeida e Pedro Henrique Lavinas. A Tricolorida tirou duas notas 10 nos quesitos Bateria, Enredo, Fantasia, Samba de Enredo e Comissão de Frente. Apesar de desfilar com apenas dois dos três carros alegóricos do desfile oficial, a agremiação emocionou o público, que cantava o samba vencedor do Troféu Ziriguidum. Além do samba-enredo, a Vila ganhou as premiações de Bateria, Enredo, Comissão de Frente, Ala Mirim (O Coelho e o Pé da Sorte), Ala (Passistas - Gato Preto 'tá marrado'), Passista Feminino Adulto (Yasmin) e Destaque de Luxo Masculino (Aloísio Dotta).
A campeã, Bambas do Ritmo, fechou com chave de ouro o desfile com o enredo "Sob a Luz do Luar", desenvolvido pelo carnavalesco Gilber Rosa, e recebeu aplausos das arquibancadas. A escola vermelho e branco agora lidera o ranking do carnaval trirriense com 16 vitórias. A presidente da agremiação, Rosimar Souza, também conhecida como Gugu, comemorou, emocionada, o título da escola de samba e agradeceu à comunidade do Cantagalo pela recepção a sua presidência.
A escola foi acompanhada até o fim da avenida por um arrastão de torcedores, que vibravam junto com a bateria Puro Ritmo, comanda pelo mestre Matheus Goulart, e com a rainha de bateria Jô Saldanha, que ganhou o prêmio de melhor rainha pelo troféu Ziriguidum. A agremiação conquistou, ainda, os troféus de Melhor Escola, 1º Mestre-Sala (Anderson Motta), 1ª Porta Bandeira (Cyntia Santos), Ala das Baianas (Tribos Indígenas), Alegoria (2º Carro: 'Rituais de Magia na Festa da Matinta Pereira'), Velha Guarda e Prêmio Especial para a dupla Bernardo Abraão e Ana Alice, destaques mirins que desfilaram no chão com fantasias de 'Seres do Mar'.
 

Por Raí de Castro

Crédito da Foto: Marco Lazarini

Publicidade