ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ÚLTIMAS

Miguel Pereira cria plataforma didática para alunos da rede municipal

Miguel Pereira - (Educação) - Quinta, 02 de Abril de 2020 às 19:08 horas.

  Miguel Pereira cria plataforma didática para alunos da rede municipal Lorenzo, filho de Ana Paula, utilizando a nova plataforma


A prefeitura de Miguel Pereira, através da Secretaria de Educação, criou uma plataforma on-line para dar suporte aos alunos da rede municipal de ensino no período de recesso nas escolas em razão da epidemia de coronavírus.

A plataforma foi inaugurada nesta quarta-feira (1º) e os alunos poderão acessar, de casa, a conteúdos complementares ao ensino presencial. De acordo com a secretária de educação de Miguel Pereira, Amine Elmor, as atividades são de caráter pedagógico e não contam como avaliação.

O projeto surgiu a partir de uma preocupação da equipe da secretaria com a manutenção da rotina de estudos dos alunos, que estão em isolamento. A intenção da iniciativa é estimular a aprendizagem no período de quarentena e promover a interação do estudante com a família.

Os conteúdos serão organizados por coordenadores e disponibilizados no site às segundas-feiras. A secretaria de educação tem um profissional responsável pela coordenação de cada série escolar, do maternal ao 9ºano, incluindo educação especial. A página é dividida pelos anos de escolaridade.

As atividades que necessitarem de escrita poderão ser realizadas no próprio caderno dos alunos. O conteúdo contempla atualidades, brincadeiras para aprendizagem familiar, indicação de leituras, sugestão de canais educacionais, mídias sociais e sugestões de filmes e exercícios que estimulam as crianças a pensar, criar, criticar e desenvolver a aprendizagem.

Segundo Amine, muitos pais de alunos entraram em contato com a secretaria para agradecer a iniciativa. Ana Paula de Souza, mãe de um aluno da pré-escola na Escola Municipal Pantanal, considera legítimo o projeto diante dos rumos que a educação adotou em meio à pandemia. “Estamos num momento atípico e acho válida a iniciativa do município de oferecer uma plataforma dessa qualidade”, comentou.

A responsável conheceu a plataforma através da divulgação feita pela escola em que o filho estuda. Ana Paula destacou a funcionalidade do projeto, que não é obrigatório. “É um fator importante. Há muitos pais e alunos que não têm acesso à internet. Dispor, sugerir, em vez de impor, é um diferencial”, avaliou.

O conteúdo pode ser acessado em https://www.smemiguelpereira.com/

Por Redação

Crédito da Foto: Arquivo pessoal/Ana Paula Souza

Publicidade