Mulher encontrada em geladeira foi morta por estrangulamento

Miguel Pereira - (Polícia) - Quarta, 02 de Outubro de 2019.

Mulher encontrada em  geladeira foi morta por estrangulamento

A Polícia Civil informou nesta terça-feira (1º) que a mulher encontrada na geladeira de sua casa, em Miguel Pereira, foi morta por estrangulamento.
A vítima, Ione Angélica dos Santos, de 47 anos, estava desaparecida desde o dia 24 de setembro. O irmão de Ione foi até a casa onde ela morava, no sábado (28), atrás de informações, porém, ao entrar na residência encontrou o corpo dentro da geladeira, com um botijão de gás usado como peso para manter a porta fechada. A vítima, que era juíza de paz e pastora, residia na Estrada das Pedras, no bairro Vera Cruz.
Segundo a Polícia Civil, Ione havia denunciado no ano passado o companheiro Luan por ameaça,, na delegacia de Campo Grande, no Rio de Janeiro, mas voltou a viver com ele depois da denúncia. Luan já havia sido preso.
A família procurou Ione ao saber que seu carro havia sido encontrado em São Paulo e seu companheiro, após bater em outro veículo, foi abordado por policiais de São Paulo, quando atirou contra quatro PMs que passavam pelo local do acidente, baleando um e matando o PM Felipe Atanazio.
Após exame cadavérico no IML de Barra do Piraí, Ione foi sepultada no cemitério de Paciência, no Rio. A 96ª DP de Miguel Pereira está investigando o caso.

Por Redação

Publicidade
728x90
B03 - 300x250