“Operação O Forninho Caiu” prende dez em Paraíba do Sul

Ação da 107ª DP e do 38º BPM foi realizada em cinco bairros

Paraíba do Sul - (Polícia) - Sexta, 28 de Junho de 2019.

“Operação O Forninho Caiu” prende dez em Paraíba do Sul

Mais um trabalho conjunto das Polícias Civil (107ª DP) e Militar (38º BPM) foi realizado em Paraíba do Sul, na manhã de ontem (27), com foco em combater a criminalidade e o tráfico de drogas. Batizada de “Operação O Forninho Caiu”, a ação resultou na prisão de dez indivíduos pela prática dos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Também participaram das diligências equipes da 105ª DP (Petrópolis), 106ª DP (Itaipava), 108ª DP (Três Rios), 110ª DP (Teresópolis),111ª DP (Sumidouro) e 112ª DP (Carmo). Foram cumpridos mandados de prisão nos bairros Amapá, Barão de Angra (Favelinha), Liberdade, Vila Salutares e Cerâmica (Morro do Cemitério). Um indivíduo da localidade conhecida como Morro da Maresia não foi encontrado e permanece foragido.

A operação é resultado de investigações e trabalho de inteligência policial que apurou de forma concomitante a atuação de diferentes grupos dedicados à comercialização de drogas no município de Paraíba do Sul.

No curso das investigações foram apreendidos 1.200 pinos de cocaína no bairro Caminho de Dentro, além de outras substâncias, quantidades de entorpecentes na Rua das Palhas (material encontrado com o ocupante de um veículo), no bairro Cerâmica (drogas escondidas em um coqueiro dentro do cemitério municipal) e em Barão de Angra, sendo que neste último episódio os policias também encontram uma arma de fogo.

A maior parte das drogas apreendidas pertencia ao grupo liderado por Tiago Crispim, indivíduo ligado ao Comando Vermelho. Ele foi preso em flagrante no curso das investigações, ocasião em que os policiais, além de drogas, encontram fotos em que ele aparecia apontando um revólver contra seu próprio cachorro de estimação.

Durante o trabalho investigativo os policiais também encontram um vídeo no qual um dos presos na operação cantava uma música enaltecendo o crime organizado e anunciando que “se a polícia brotasse a bala ia comer”.

Foram presos na operação de ontem: Cleiton Guimarães Modesto, Wilson Faria Theodoro (Wilsinho), Cesar Augusto Monteiro Fonseca (Cesinha), Rodrigo Cardoso Gomes de Almeida (Manguito), Gabriel Luís Chaves de Almeida (Zoreia),Beatriz Oliveira, Leonardo Pereira Florentino (Orelha),Ueslei de Souza Pereira da Silva (“Brau”), Gelcimar Modesto da Silva (Cimar) e Tiago Crispim (Tiago Preto).

Os dois últimos citados já haviam sido presos durante a investigação e agora tiveram um novo mandado contra eles, cumprido dentro da penitenciária. Durante as diligências, os policiais encontraram 53 pinos de cocaína na residência de Uslei “Brau”, que agora também responderá por este crime pelo qual foi preso ontem em flagrante.

Segundo a polícia, a Operação “O Forninho Caiu” foi batizada com este nome em referência a um meme popular internet, sendo esta uma expressão usada no mundo virtual quando algo da errado para alguém. Na operação de ontem, “o forninho caiu” para indivíduos que mesmo após sucessivos trabalhos exitosos da força policial no município, insistem na prática de atividades criminosas.

Por Redação

Publicidade
728x90
B03 - 300x250