ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ÚLTIMAS

Parar de fumar é uma escolha pela vida

*Cláudia Rezende Gonçalves Estanislau

País - (Saúde) - Sábado, 30 de Maio de 2020 às 07:00 horas.

Atualizado em Sexta, 29 de Maio de 2020 às 17:50 horas.

  Parar de fumar é uma escolha pela vida

O Dia Mundial Sem Tabaco foi implantado, em 1988, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o objetivo de aumentar a conscientização sobre o grave problema de saúde pública que a epidemia do tabaco representa e indicar a necessidade urgente de implementar e fortalecer medidas de controle do tabagismo. A campanha global desde ano (2020) visa alertar os jovens sobre as táticas utilizadas pela indústria do tabaco para introduzir/vender produtos fumígenos como se tais não oferecerem riscos à saúde, além de apontar os agravantes do tabagismo frente ao novo coronavírus. O tabagismo é considerado pela OMS como doença pediátrica, uma vez que é experimentado, na maioria das vezes, ainda na infância e, em grande parte, na adolescência, fase da vida caracterizada por várias transformações físicas e emocionais, em que os adolescentes, muitas vezes fragilizados emocionalmente, ao buscarem no cigarro um alívio para suas tensões, acabam caindo numa terrível armadilha, na qual ficam presos por toda a vida. O tabagismo é reconhecido como uma doença crônica, causada pela dependência à nicotina presente nos produtos à base de tabaco, e é considerado como o maior fator de risco evitável de adoecimentos e mortes no mundo. E ainda temos o tabagismo passivo (não fumantes que convivem com fumantes na mesma casa ou em outros ambientes), que aumenta o risco de infecções respiratórias agudas. Atualmente, com a pandemia pelo Coronavírus instalada, o tabagismo trata-se de uma condição importante para complicações da Covid-19, sendo certo, ademais, que o ato de fumar também faz aumentar os riscos de se contagiar com o novo vírus, já que o fumante está constantemente com os dedos em contato com os lábios, aumentando, dessa forma, a possibilidade da transmissão do vírus pela boca. Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), fumar é fator de risco para mais de 50 tipos de doença. Os tabagistas têm seu sistema respiratório impactado pelo fumo, e, caso venham se infectar pelo Coronavírus, podem ter sua saúde comprometida, por estarem mais propensos a fazer parte do grupo de risco para desenvolver a forma grave da doença. O fumante, muitas vezes, usa o cigarro como tentativa de tamponar a angústia e procura evitar a todo o custo o mal estar, no entanto, além de não conseguir evitar a angústia, é tomado por um sofrimento, muitas vezes acompanhado por um sentimento de culpa, que só faz agravar o seu quadro de fragilidade emocional. O risco real de contrair uma doença que pode levar à morte, é capaz de atualizar os sentimentos de angústia e desamparo, o que pode deixar o fumante ainda mais ansioso. Mas, há um lado positivo trazido por esta ansiedade, que é o surgimento de uma disposição para cuidar da saúde e para tentar parar de fumar. Muitas vezes, é diante da possibilidade do agravamento de uma doença ou da morte, que o sujeito opta pela vida, sendo esta a proposta do Programa de Controle do Tabagismo, ou seja, a escolha pela vida. Parar de fumar é optar pela vida. Por esses motivos, a OMS, o INCA e diversos órgãos da saúde (notadamente o Programa de Controle de Tabagismo do Município de Três Rios), encorajam as pessoas a pararem de fumar, já que tal decisão irá debelar ou, pelo menos, minimizar todos os graves riscos associados ao tabagismo, inclusive, por óbvio, os relacionados à pandemia de Covid-19. Sairão beneficiados tanto os fumantes quanto para as pessoas expostas ao fumo passivo. Ao deixar de fumar, os benefícios à saúde são imediatos, pois, conforme apontam as pesquisas, após 12 a 24 horas sem fumar, os pulmões já apresentam melhor funcionamento. O Programa de Controle do Tabagismo do Município de Três Rios alerta a todos dos riscos oferecidos pelo cigarro e conclama a população fumante a abandonar o vício.
E vale repetir: PARAR DE FUMAR pode reduzir o risco de desenvolver a forma mais severa da Covid-19.
O Programa de Controle do Tabagismo tem como uma de suas ações a Cessação do Tabagismo, em modalidades individual e em grupo.
O Programa continua em funcionamento, estando suspensas, em razão da pandemia, apenas as atividades presenciais. Passada a crise, estaremos esperando por todos aqueles que optarem pela vida.

*Psicóloga e coordenadora do Programa de Controle do Tabagismo na cidade de Três Rios-RJ
 

Por Redação

Publicidade