ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ÚLTIMAS

Professor Erquinho visita aterro sanitário para esclarecer dúvidas

Presidente da Câmara de Vereadores questionou líquido escuro registrado há poucos dias na localidade e odor que atinge comunidades do entorno

Três Rios - (Meio Ambiente) - Quarta, 21 de Abril de 2021 às 07:00 horas.

Atualizado em Terça, 20 de Abril de 2021 às 16:44 horas.

  Professor Erquinho visita aterro sanitário para esclarecer dúvidas

O presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios, Professor Erquinho, esteve nesta terça-feira (20) no aterro sanitário instalado na BR-040, de responsabilidade da empresa União Norte. Além de conhecer o aterro que atende cinco municípios – Três Rios, Paraíba do Sul, Areal, Comendador Levy Gasparian e Petrópolis –, o chefe do Poder Legislativo esclareceu dúvidas sobre o odor que tem atingido algumas localidades como Vila Paraíso, Rua Direita e Vila Isabel e conheceu o processo de tratamento dos resíduos coletados.

Reunido com o responsável técnico pelo local, o engenheiro Sérgio de Andrade; a presidente da Associação de Moradores da Vila Paraíso, Elisângela Silva; o secretário municipal de Meio Ambiente, Tiago Vila Verde e o subsecretário Paulo Roberto do Amor Divino Júnior, Professor Erquinho ouviu as explicações do engenheiro e foi informado sobre alguns investimentos que estão sendo feitos pelo Poder Executivo na área ambiental.

“Há poucos dias, alguns moradores da Vila Isabel, Rua Direita e Vila Paraíso me procuraram para reclamar do odor que estava sendo emitido pelo aterro sanitário. Visitei a localidade, conversei com o secretário Tiago, estive próximo ao lixão e hoje tivemos a oportunidade de esclarecer algumas dúvidas. De acordo com os técnicos, a água escura que foi registrada pelos moradores não sai do aterro sanitário. É resultado do lixão que ficou ativo por aproximadamente 40 anos e, agora, precisa de um investimento que possibilite a reorganização ambiental”, resumiu o presidente da Casa Legislativa trirriense.

Ainda segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Tiago Vila Verde, o Poder Executivo está pleiteando uma licença ambiental de recuperação do solo, a qual vai possibilitar que o local receba os cuidados necessários. Em paralelo a isso, a empresa que administra o aterro sanitário, já trabalha com a possibilidade de expansão do local.

“Na próxima quinta-feira, dia 22, o secretário municipal de Meio Ambiente vai estar na sessão ordinária da Câmara de Vereadores, esclarecendo dúvidas sobre o lixão, aterro sanitário e o odor que está sendo liberado e afetando as comunidades próximas. Estamos acompanhando essa situação. Desde já, coloco a Casa Legislativa à disposição para auxiliar no que for necessário para que este problema seja sanado o quanto antes”, finalizou o presidente da Câmara. Assessoria CVMTR

Por Assessoria de Imprensa

Crédito da Foto: Divulgação CVMTR

Publicidade