Resistência Cultural promove junção de forças de artistas regionais em Areal

Areal - (Cultura) - Quarta, 27 de Novembro de 2019 às 11:30 horas.

  Resistência Cultural promove junção de forças de artistas regionais em Areal Começa nesta sexta-feira (29), às 19h, na Ilha Shopping, em Areal, o evento Resistência Cultural. O projeto busca expandir a cultura encontrada em artistas regionais para o fortalecimento da arte, levando exposição de trabalhos com muita música, poesia, fotografia, artesanato, produtos veganos, desenho, biblioteca coletiva, oficina de pintura em camisa e muito mais. O evento é colaborativo, independente e gratuito.
Além da visitação do espaço, quem seguir o perfil no Instagram do Resistência Cultural - @cultural.resistencia, o Instagram do Tatuador Felipe Araújo, marcar dois amigos nos comentários e postar a foto abaixo nos stories, concorre a uma tatuagem feita pelo próprio Felipe Araújo. O sorteio será quarta-feira (27) e a tatuagem será feita até sexta-feira (29).
Conheça os artistas e projetos culturais que farão parte da Resistência Cultural:
• Querubine Brechó: Espaço que tem pouco mais de dois anos. E nasceu da necessidade de pessoas, sobretudo em cidades do interior, repensarem o modo que lidam com a moda. Há muita roupa no mundo esperando para ser ressignificada. Essa ressignificação vai além de comprar uma roupa estilosa gastando pouco. Ressignificar uma roupa é, possibilitar, também, a visibilidade do trabalho de pessoas locais. Neste caso, o de empoderar a mulher;
• Márcia Loretti: Artista plástica, associada da AAPP (Associação de Artistas Plásticos de Petrópolis), com participação em exposições permanentes dentro e fora do país, como em Roma. Tem seu trabalho (que conta com pinturas em painéis, tecidos, material reciclado, restauro, entre outros) reconhecido com premiações. É também professora, membro da Escola de Psicanálise do Campo do Fórum Lacaniano - Rede Diagonal do Brasil - Fórum de Petrópolis, RJ; membro da IF - EPFCL, curadoria e idealizadora do ponto de cultura Casa das Artes - Resgatando a Arte de Viver e do projeto Arte que Fala III;
• Messias Guimarães: Músico, compositor, diretor e produtor da cidade de Paraíba do Sul, com cinco anos de estrada na música, já passou por vários projetos dentre eles vocalista da Banda Mafia 38 e Irídio 77. Atualmente está envolvido em quatro grandes projetos, Duo Semi-acústico, Firma 38 Power Trio, Teatro da ponte e Breakout System (Sua banda autoral);
• Joel São Tiago: Produtor Cultural e ator. Ao longo dos mais de 30 anos de trajetória teatral tem priorizado encenar espetáculos desenvolvidos a partir de poemas e músicas. Irá apresentar uma colagem (de poesias) de seu último trabalho "Tempo Que Foge";
• Tacieli Machado: Arealense, de 27 anos e há cinco anos decidiu fazer o que mais amava que é fotografar. Desde então tem tido o poder de congelar momentos, sorrisos e lembranças com a câmera e o seu olhar;
• Otten Mc: um dos idealizadores da Batalha do Ring e grande apoiador da cultura na em Areal, que tem como foco principal a criação de seu próprio estúdio.
Entrando agora na cena do Rap/Trap promete surpreender com suas primeiras e futuras tracks solo e feats. "Eu vou levar o nome Ring pra cena nacional do Rap";
• Gustavo Portugal: Fotógrafo de 24 anos, morador de Três Rios. Há cinco anos está envolvido diretamente com a fotografia, e desse envolvimento surgiu o projeto chamado Takeurbano, buscando movimentos as vezes despercebidos pelas pessoas. Seu objetivo na resistência é mostrar algumas características de um dos altos culturais da cidade que é a Feira da Vila;
• Maria Verônica: Fotógrafa há um ano e meio e sempre foi apaixonada pela arte. Maria conta que vê a fotografia e o fotojornalismo como uma forma de levar conhecimento e envolvimento. Além de retrato, a fotografia também é denúncia, e mostrar partes da realidade cotidiana que passam despercebidas. “É meu dom e meu maior prazer";
• True Mc: É Mc e produtor de Paraíba do Sul, sendo um dos maiores campeões da Batalha da Beira e atuante há quatro anos no cenário do hip hop buscando sempre inovar e direcionar a novos horizontes a concepção de rap/ trap, seja em suas músicas ou produções. A Bússola é um de seus raps mais famosos e é a gravadora criada pelo mesmo onde é liberado os trabalhos dos mcs que compõem o selo, Fé em Deus;
• Mayara Rosa: É desenhista e pintora e está nessa área da arte desde que se entende por gente. Desenha e pinta de tudo e mais um pouco e tem o sonho de levar a arte para todo mundo;
• Camerata de Violões Arealense: É um projeto instrumental criado há dois anos pelo professor de música Marcelo José que traz no seu repertório clássicos desde a atualidade até os clássicos.



Por Redação

Crédito da Foto: Divulgação

Publicidade