Rio sediará o maior encontro rodoviário do país pela primeira vez

Estado do Rio - (Cotidiano) - Quinta, 10 de Outubro de 2019.

Rio sediará o maior encontro rodoviário do país pela primeira vez

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ bateu) vai sediar, em meados de agosto do ano que vem, o 22º Encontro Nacional de Conservação Rodoviária (Enacor), promovido anualmente pela ABDER (Associação Brasileira dos Departamentos Estaduais de Estradas de Rodagem), que congregará representantes de associações e departamentos ligados a estradas e rodovias de todo o Brasil e até do exterior.
“O Enacor é um dos maiores eventos conjugados, envolvendo rodovias, pavimentação, tecnologia, logística, trânsito e mobilidade do país. Será um gol de placa do governo do estado trazer o encontro para o Rio, pela primeira vez. É uma das prioridades deste governo e da nossa gestão fornecer ferramentas para melhorar a infraestrutura e o desenvolvimento do estado e da nossa população", disse o presidente do DER, Uruan Cintra de Andrade, que pleiteou a vinda da encontro nacional para o Rio de Janeiro.
Em reunião realizada nessa quarta-feira (9), na sede do departamento, no Rio, representantes do DER-RJ se encontraram com o presidente da ABDER, Ruimar dos Santos, e com o superintendente Rui Corrêa Vieira. Ficou instituída uma comissão interna para ajudar na organização do evento e interagir com a associação brasileira, que tem sede em Brasília.
“Esses encontros propiciam importantes intercâmbios técnicos entre os DERs, além de oferecer minicursos, palestras apresentadas por autoridades nacionais e internacionais do setor, apresentações de workshops e exposição de materiais, equipamentos e serviços, por exemplo. É o maior encontro rodoviário do país. Ou, talvez, da América Latina”, afirmou o presidente da ABDER.
A estimativa do evento é de 1,5 mil participantes de todo o Brasil e do exterior, entre universitários e alunos de centros de desenvolvimento tecnológicos; parceiros de negócios; empreiteiros e representantes de construtoras de obras públicas (viárias e rodoviárias); representantes de prefeituras e dos DERs; órgãos de obras; agências reguladoras; concessionárias de rodovias; empresas de engenharia, consultoria, projetos, gerenciamento de obras, pavimentação; locadoras de máquinas e equipamentos.

Por Redação

Crédito da Foto: Divulgação

Publicidade
3 Tenis 189