RJ: capital adota nova classificação no ‘Painel Covid-19’

Estado tem 493 casos confirmados e Três Rios 62 casos suspeitos

Estado do Rio - (Saúde) - Sábado, 28 de Março de 2020 às 07:00 horas.

  RJ: capital adota nova classificação no ‘Painel Covid-19’ A prefeitura do Rio de Janeiro adotou uma nova classificação no ‘Painel Covid-19’, plataforma alimentada com dados Secretaria Municipal de Saúde do Rio sobre os casos de coronavírus na cidade. A alteração, feita nesta quinta-feira (26), substituiu o termo ‘casos suspeitos’ por ‘casos prováveis’.
A mudança provocou uma elevação dos números no painel. O total de ‘casos suspeitos’, que somava 167 pacientes, passou para 4.471 ‘casos prováveis’. Segundo a prefeitura, a adaptação segue as determinações do Ministério da Saúde, que, com o início da fase de transmissão comunitária no município, no dia 15 de março, passou a considerar todos os casos de Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave como casos prováveis de Covid-19.
A fase de transmissão comunitária é aquela em que não é possível designar a origem da infecção, indicando que o vírus circula entre pessoas que não viajaram ou tiveram contato com quem esteve no exterior.

Casos confirmados

O número de casos confirmados não foi alterado. De acordo com dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ), a capital registra 431 pacientes com Covid-19. No estado, há outros 62 casos, distribuídos nas seguintes cidades: Niterói (36), Volta Redonda (9), Petrópolis (3), São Gonçalo (4), Duque de Caxias (3), Barra Mansa (1), Belford Roxo (1), Campos dos Goytacazes (1), Guapimirim (1), Miguel Pereira (1), Resende (1), Itaboraí (1) e Valença (1).

Mortes

O estado do Rio registra, até o momento, 10 mortes por Covid-19. Os óbitos foram registrados nos seguintes municípios: Rio de Janeiro (6), Miguel Pereira (1), Niterói (1), Petrópolis (1) e Volta Redonda (1).

Três Rios

Em Três Rios, até esta sexta-feira (27), havia 62 casos suspeitos, nove casos descartados e nenhum caso confirmado.

Por Redação

Crédito da Foto: Reprodução

Publicidade