Sintsama – RJ estará em Paraíba do Sul esclarecendo a população sobre o projeto de licitação da água

Na quinta-feira haverá panfletagem no centro da cidade

Paraíba do Sul - (Cotidiano) - Terça, 02 de Julho de 2019.

Sintsama – RJ estará em Paraíba do Sul esclarecendo a população sobre o projeto de licitação da água

Após a Câmara Municipal de Vereadores de Paraíba do Sul votar a favor do projeto que autoriza o poder executivo municipal a explorar diretamente ou conceder a exploração dos serviços públicos de captação, adução, tratamento e fornecimento de água e a reservação e distribuição até as ligações prediais e seus respectivos instrumentos de medição e ainda a coleta e afastamento de esgoto e/ou a coleta, afastamento, tratamento e disposição final do esgotamento sanitário de Paraíba do Sul, do Sindicato de Saneamento e Meio Ambiente do Rio de Janeiro (Sintsama-RJ), virá a cidade.

Segundo Humberto Lemos, que é o presidente do Sintsama, na quinta-feira (4) o sindicato estará em Paraíba do Sul com toda sua estrutura, a partir das 9h, no Jardim Novo, no Centro, fazendo uma panfletagem e dialogando sobre o tema com a população, assim como o sindicato irá procurar os vereadores e o prefeito Dr. Alessandro.

“Vamos explicar para a população sobre esse projeto, que ser for feito dessa forma, será arbitrário. Existe um contratado assinado desde 2008 pela prefeitura, governo do estado e a Cedea, que já dura 11 anos e só agora viram que tem erro? O Ministério Público (MP) só recomendou que sejam feitos os ajustes necessários entre a prefeitura e a Cedae e isso vinha sendo conversado; teve investimentos por parte da Cedae na cidade. O contrato não é irregular”, explicou Humberto.

De acordo com o presidente do Sintsama, a forma que está sendo feita esse processo é irresponsável, a lei determina que ocorram reuniões, que chame a Cedae, que faça audiência pública, que tenha diálogo entre as partes, principalmente com a sociedade.

“Não é assim que se quebra um contrato; tem que analisar e discutir vários fatores; tem que respeitar a forma correta de fazer esse processo. Sem água ninguém vive e a tarifa nas cidades que privatizaram esse serviço, triplicou e o a qualidade diminuiu. Os menos favorecidos vão sofrer os valores caros. Vale ressaltar que os municípios que privatizaram a água estão voltando para o poder público; é um equívoco fazer isso em Paraíba do Sul”, falou Humberto.

O presidente do Sintsama também informou, que tanto a Cedae quanto o sindicato, vão entrar com ações na justiça cobrando o porquê dessa correria em aprovar esse projeto e também a transparência do processo. O sindicato vai procurar as partes envolvidas para devidos esclarecimentos.

Votaram a favor do projeto sugerido pela prefeitura os vereadores Maninho Madalena, Jarbas,
Francisco da Saúde, Diogo Jacaré, Cici e Claudão do Povo, presidente do legislativo sul-paraibano. Votaram contra os edis Dedé, Edilson Gomide, Tiago Martins, Marquinho Carismático e Mário Sérgio.

Por Redação

Publicidade
160X600jpg