Sul-fluminense receberá 12 núcleos do projeto ‘Sócio-Esportivo’

Valença e Paraíba do Sul serão beneficiados

Região - (Esporte) - Quarta, 11 de Março de 2020 às 07:00 horas.

  Sul-fluminense receberá 12 núcleos do projeto ‘Sócio-Esportivo’ Deputado Luiz Antônio Corrêa (ao centro) e prefeito Fernandinho Graça durante explanação de Tathyane Köfke


O deputado federal Luiz Antônio Corrêa (PL), apresentou na Câmara Municipal de Valença, na última sexta-feira (6), o projeto Sócio-Esportivo, que tem como objetivo levar esporte e atividades físicas gratuitas para pessoas de diversas idades.
Estiveram presentes no evento o prefeito de Valença Fernandinho Graça, o vice Hélio Suzano e os vereadores Celsinho do Bar, David Nogueira, Dr. Saulo, Marcelo do Didi, Pedro Graça, Professor Rafael, Saulo Corrêa, Silvio Graça; os vereadores de Barra do Piraí – Cacá Muniz, Paulinho do Royal e Rafael Couto; o vereador de Paraíba do Sul – Mário Sérgio; além de autoridades dos municípios de Carmo, Japeri e Seropédica.
Serão 15 projetos no interior do estado, distribuídos entre os municípios de Valença, Barra do Piraí e Paraíba do Sul. O projeto será mantido durante o período de um ano, através de emendas parlamentares do deputado Luiz Antônio. Os recursos entraram no orçamento de 2020 e serão pagos este ano.
Segundo o deputado, serão 1,5 mil pessoas atendidas no estado, o que representa 100 pessoas por núcleo. “O que eu gostei nesse projeto é que também poderemos privilegiar a terceira idade. Então, o vereador ou secretário responsável por atender a localidade poderá escolher se atenderá os jovens ou idosos ou ambos”, afirmou o parlamentar.
A iniciativa será desenvolvida pela Organização Não Governamental (ONG) Con-Tato, que tem uma parceria com a Fundação para Infância e Adolescência (FIA) no estado do Rio de Janeiro. Atualmente, a ONG desenvolve um grande projeto na área esportiva no município de Maricá.
De acordo com a diretora da Con-Tato, TathyaneHöfke, a iniciativa prevê núcleos descentralizados nas regiões determinadas pelas autoridades. Thatyane também informou que as práticas esportivas ou atividades físicas atenderão a demanda da população.
“Podemos contemplar um núcleo com futebol, basquete, vôlei, danças em geral e treinamento funcional e alongamento para a terceira idade. Isso como exemplo, porque há um enorme leque de modalidades, inclusive de artes marciais”, explicou a coordenadora.
Ainda segundo Thatyane, cada núcleo terá três atividades diferentes, as quais serão escolhidas pelo público. “Para termos certeza que as modalidades vão de encontro ao anseio da comunidade, eles mesmo escolhem as opções”, afirma Thatyane.
Cada núcleo contará com três profissionais de Educação Física, devidamente registrados no Conselho ou monitor para as opções de danças e artes marciais. Os moradores também contarão com um agente de saúde para garantir a segurança das atividades e providenciar atendimento em caso de lesões, que são normais em atividades físicas.
“Sempre recebo reclamações que os jovens estão ociosos e são vítimas fáceis do vício.Também leio muito que há falta de atividades para a terceira idade, por isso ao conhecer essa iniciativa, não tive dúvidas que atenderia aos anseios de parte da população”, afirmou o parlamentar.
Segundo ainda o deputado, o projeto terá metas e fornecerá uniformes e material esportivo de forma gratuita. “A ONG Con-Tato já trabalha em parceria com o Ministério dos Esportes, que é muito rigoroso com os contratos, há alguns anos e nunca teve problemas com as prestações de contas”, concluiu. Assessoria de Comunicação

Por Assessoria de Imprensa

Crédito da Foto: Luiz Galerani

Publicidade