Vereadores participam de encerramento da Semana da Justiça pela Paz em Casa

Presidente da Câmara Rogério Camarinho e vereador Juarez da Saúde homenagearam responsáveis pelo Programa Flor de Lótus

Três Rios - (Segurança) - Terça, 27 de Agosto de 2019.

Vereadores participam de encerramento da Semana da Justiça pela Paz em Casa

Nesta sexta-feira (23), Rogério Camarinho – presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios – e Juarez de Souza (Juarez da Saúde), homenagearam as responsáveis pelo Programa Flor de Lótus. O programa realizado no município trirriense tem o objetivo de conscientizar e dar proteção às mulheres vítimas de violência doméstica.
O encerramento da Semana da Justiça pela Paz em Casa foi realizado no auditório da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), campus Três Rios e contou com a presença da: juíza titular do I Juizado de Violência Doméstica e Familiar da Comarca da capital, Adriana Ramos de Melo; juíza do Juizado de Violência Doméstica e Familiar de Três Rios, Ellen de Freitas Barbosa; professora da UFRRJ, Marcela Siqueira Miguens; subchefe do escritório de Projetos de Prevenção da Polícia Militar do Rio de Janeiro, major Cláudia Moraes; e do prefeito Josimar Salles.
Representando o Poder Legislativo estavam os vereadores: Rogério Camarinho, Nilcélio Sá, Juarez de Souza, Fabiano Oliveira e Cláudio Roberto Pereira (Mala Velha). “Aproveitamos o encerramento desse belíssimo evento para homenagear as responsáveis por essa realização: a juíza dra Ellen de Freitas, psicóloga Márcia Miranda, e os integrantes do Projeto Guardiões da Vida: os sargentos César e Hortência, e os cabos Cristiane e Hortência, responsáveis pelo Programa Flor de Lótus. Com certeza um programa que vai servir de exemplo para nosso estado e país e que colherá bons frutos”, disso o presidente da Câmara de Vereadores de Três Rios, Rogério Camarinho.
O chefe do Poder Legislativo colocou a Casa de Leis trirriense à disposição das autoridades, e enalteceu também o trabalho realizado pelos Guardiões da Vida, que nesse ano, já registraram mais de 700 denúncias contra mulher. “Não tem segredo: Presenciou alguma situação suspeita ou ouviu algo? Disque 180!”, finalizou Rogério Camarinho. Assessoria CVMTR

Por Redação

Crédito da Foto: Divulgação Ass. CVMTR

Publicidade
1200x628jpg
B03 - 300x250