Witzel entrega a secretários Plano de Diretrizes Prioritárias

Governador assina "Declaração Anticorrupção" com seu secretariado

Estado do Rio - (Política) - Sexta, 04 de Janeiro de 2019.

Witzel entrega a secretários Plano de Diretrizes Prioritárias

Na primeira reunião com seu secretariado, que tomou posse nesta quarta-feira (2), o governador Wilson Witzel entregou aos secretários o Plano de Diretrizes Prioritárias do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Com base no plano de governo de Witzel e em diagnóstico elaborado durante o período de transição, o documento estabelece metas para os primeiros 100 e 180 dias de governo.
De um total de 647 iniciativas propostas, 104 foram destacadas para entrar na agenda governamental de 100 dias e 99, para os 180 dias. As medidas foram selecionadas de acordo com a relevância, o impacto e a viabilidade. Todas estão aglutinadas em quatro eixos: segurança jurídica e cidadã; modernização da gestão e aceleração da eficiência pública; desenvolvimento humano e social; e desenvolvimento econômico e regionalização.
Cada meta será acompanhada em reuniões periódicas do secretário estadual da Casa Civil e Governança, José Luís Zamith, com o gestor responsável pela aplicação da iniciativa.
"Estamos criando um sistema de metas para toda a administração. Quem não mede, não gerencia", afirma Zamith.

Declaração Anticorrupção

Nesta quinta-feira (3), foi anexado ao Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro um documento intitulado Declaração de Transparência, Governança e Anticorrupção - Governo Um Novo Rio Começa Agora, assinado ontem pelo governador Wilson Witzel e secretariado, na primeira reunião do novo governo após a posse. O texto firma um compromisso com a prevenção e o combate à corrupção nos órgãos estaduais e a responsabilidade redobrada nos gastos públicos.
“A declaração, assinada por mim e meu secretariado, é um pacto de integridade que vem para marcar a mudança de atitude ética, o resgate da transparência na Administração Pública do estado. Como falei em minha posse, não podemos errar nesse sentido. O que queremos é trazer de volta a confiança da população fluminense, através das boas práticas”, afirmou Witzel.
O documento assinado pelas autoridades propõe a promulgação e implementação de regras que protejam os denunciantes de atos de corrupção e agir contra a prática de suborno nos setores público e privado. Além disso, a declaração atesta o compromisso de todos em informar eventuais atos de corrupção em suas pastas para adoção das medidas cabíveis por parte dos órgãos especializados pela repressão à ilegalidades.
Sobre a transparência nos gastos governamentais, a declaração determina o esforço dos representantes do Executivo em fornecer informações, sempre que oportuno, em formatos de fácil entendimento para o público. Com a assinatura do documento, governador e secretariado se comprometeram a não se limitarem às obrigações previstas na Lei de Acesso à Informação. Secom RJ

Por Redação

Crédito da Foto: Carlos Magno

Publicidade
728x90
4 itens por 199