ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ÚLTIMAS

Ziriguidum 2020 começa a ser entregue aos ganhadores

Três Rios - (Cotidiano) - Quarta, 05 de Agosto de 2020 às 06:40 horas.

Atualizado em Sexta, 14 de Agosto de 2020 às 14:45 horas.

  Ziriguidum 2020 começa a ser entregue aos ganhadores

Pela primeira vez, em 17 anos de existência, o Troféu Ziriguidum não terá uma festa para entrega das 24 premiações aos ganhadores. Diante da pandemia do novo coronavírus e a proibição da realização de eventos para evitar aglomeração, os troféus estão sendo entregues em nossa sede, segunda a sexta-feira, no horário das 14 às 17h, com as devidas precauções e cuidados para resguardar a saúde dos premiados e de nossa equipe de redação.
O Entre-Rios Jornal adota desde 2013 o modelo da galeria de troféus da Acrílico Penedo, sediada em São João de Meriti, que confecciona as peças personalizadas com esmero e qualidade. O selo, a arte da camisa e toda a parte personalizada das peças é feita por Fernando Ferreira, nosso editor-chefe e idealizador da premiação. "O Troféu Ziriguidum é uma premiação que ganhou status entre os sambistas das escolas de samba de Três Rios e todo ano a disputa é cada vez mais acirrada. Um dos exemplos é a premiação dada à Melhor Bateria, esse ano novamente conquistada pela Mocidade Independente de Vila Isabel. Os jurados relatam a grande dificuldade em premiar o quesito, diante da evolução e aperfeiçoamento que este segmento vem ganhando nos últimos anos", comenta Fernando Ferreira.
Mais uma vez o Entre-Rios Jornal parabeniza os ganhadores e agradece aos internautas e jurados que participaram de nossa comissão no Carnaval 2020: Alessandro Pettersen (Lelê), Nilma Cabral, Alessandro Cavalcanti, Francisco Carlos (Cinquenta), Luiz Cesar, Marco Lazarini, Suely Santiago, Alexandre Azevedo, Elenir Carvalho, Maria Haydée, Guilherme Alves, Sergio Paduan, Valber Moraes e Solange Ribeiro.

Confira os premiados:

Melhor Escola: Bambas do Ritmo - presidente: Rosimar Oliveira (Gugu), vice-presidente: Fabiano Pacheco; enredo: 'Sob a Luz do Luar', carnavalesco; Gilber Rosa
Melhor Samba de Enredo: Mocidade Ind. de Vila Isabel - enredo: 'Abracadabra - Mistérios e Magias das Crendices Populares!', dos compositores: James Bernardes, Douglas Ribeiro, Diego Chocolate, Fabão e Leozinho Nunes
Melhor Enredo: Mocidade Ind. de Vila Isabel - enredo: 'Abracadabra - Mistérios e Magias das Crendices Populares!', idealizado pelo carnavalesco Comandante Armando Martins e desenvolvido pelos carnavalescos Lucas Almeida e Pedro Henrique Lavinas
Melhor Bateria: Mocidade Ind. de Vila Isabel; Bateria Explosão, sob comando de Mestre Ni; fantasia: Espelho Quebrado
Melhor 1º Mestre-Sala: Anderson Motta, do Bambas do Ritmo
Melhor 1ª Porta Bandeira: Cyntia Santos, do Bambas do Ritmo
Melhor 2º Mestre-Sala: Danilo Santos, do Bom das Bocas
Melhor 2ª Porta Bandeira: Cristiane Santos, do Bom das Bocas
Melhor Ala das Baianas: Bambas do Ritmo; fantasia: 'Tribos Indígenas', responsáveis Mariaivone e Joana Darque
Melhor Intérprete: Juan Briggs, do Bom das Bocas
Melhor Comissão de Frente: Mocidade Ind. de Vila Isabel, fantasia: 'Abram-se os Portais do Tempo, Mistérios e Magias das Crenças Populares'; coreógrafa: Ceci Miranda
Melhor Ala Mirim: Mocidade Ind. de Vila Isabel, fantasia: 'O Coelho e o Pé da Sorte'; responsáveis: Tatiane Monteiro e Elisa Alves
Melhor Ala: Mocidade Ind. de Vila Isabel, Ala dos Passistas, com a fantasia 'Gato preto tá marrado'; responsável: Flavinho Bastos
Melhor Passista Masc. Adulto: Igor da Silva Justino, do Sonhos de Mixyricka
Melhor Passista Fem. Adulto: Yasmin Henrique, da Mocidade Ind. de Vila Isabel
Melhor Passista Mirim Masc.: Márcio da Silva Guimarães, do Independente do Triângulo
Melhor Passista Mirim Fem.: Iara Maria Rodrigues da S. Santos, do Bom das Bocas
Melhor Alegoria: Bambas do Ritmo, 2º Carro: 'Rituais de Magia na Festa da Matinta Pereira'
Melhor Destaque de Luxo Fem.: Kelly, fantasia: 'A Luz da Fé', do Bom das Bocas (3º carro: O Sincretismo Religioso)
Melhor Destaque de Luxo Masc.: Aloísio Dotta, fantasia: Poções Bruxólicas, da Mocidade Ind. de Vila Isabel (2º carro: O Dia do Azar)
Melhor Velha Guarda: Bambas do Ritmo, com a fantasia: 'Devotos de São Jorge', responsável: Deoclécio (Clecinho)
Melhor Rainha de Bateria: Jô Saldanha, da Bateria Puro Ritmo, do Bambas do Ritmo, com a fantasia "A Loba"
Prêmio Especial: Aos destaques mirins de chão, Bernardo Abraão e Ana Alice, que desfilaram com a representação de 'Seres do Mar'
Revelação: Mestre Flávio Roberto, por sua brilhante estreia à frente da Bateria Supersom, da escola de samba Sonhos de Mixyricka

Por Redação

Crédito da Foto: Reprodução

Publicidade